Earn2Trade Blog
Andy Krieger

Andy Krieger

Andy Krieger teve seu primeiro emprego como trader no Salomon Brothers. Ele se formou na Wharton School (Universidade da Pensilvânia), uma escola de administração que faz parte da Ivy League. Esse primeiro emprego foi bom para Andy. Ele operou em opções de moeda, um instrumento financeiro muito novo na época.

Bill Lipschutz – outro trader famoso que trabalhou com Andy no Salomon Brothers – conta uma história sobre Andy no livro The New Market Wizards: Conversations with America’s Top Traders.

Essa história começa com Bill deitado em uma praia na Sardenha. As férias de Bill estavam chegando ao fim e isso fez com que ele voltasse a pensar no mercado. Ele decidiu ligar para o escritório e descobriu uma reunião do G7 que estava afetando os mercados. Bill também descobriu que Andy estava doente, o que era algo raro. Bill acabou ligando para Andy – apesar dos problemas das ligações internacionais dos anos 80 – e manteve a linha telefônica aberta por seis horas. Enquanto lutava contra a gripe, Andy usou outra linha para entrar no mercado da Nova Zelândia. Andy vendeu US$60 milhões com o Banco da Nova Zelândia, uma quantia enorme na época. Depois disso, os dois continuaram operando no mercado à vista. Eles ganharam US$6 milhões – um dia impressionante para quem não estava nem no escritório.

Trader patrocinado earn2trade

Andy Krieger no Bankers Trust

O tempo que ele passou no Salomon o ajudou a se preparar para coisas maiores. O seu próximo cargo foi no Bankers Trust em 1986. Eles deram ao Andy um limite de negociação de US$700 milhões, sendo que o limite normal para os seus traders era de apenas US$50 milhões. E esse limite seria certamente usado.

O ímpeto para a maior operação de Andy viria após a Segunda-Feira Negra. Na segunda-feira, 19 de outubro de 1987, as bolsas de valores caíram 22% em um colapso devastador. Foi a maior queda em um dia na história. Uma semana depois, Andy fez a sua grande jogada: ele havia analisado o dólar neozelandês – também chamado de “Kiwi” – e concluiu que a moeda estava sobrevalorizada e aberta a um ataque. Krieger usou seu enorme limite de negociação e alavancagem de 400:1 em um ataque com força total contra o Kiwi. Krieger alega que a sua venda a descoberto chegou a diminuir o tamanho de toda a oferta de dinheiro neozelandesa.

Como pode-se imaginar, essa operação teve uma repercussão enorme. Em poucas horas, o Kiwi havia caído mais de 5% em comparação com o dólar. O impacto foi tão grande que o banco central da Nova Zelândia reclamou que o Bankers Trust havia tomado uma posição muito grande. Eles responderam que a posição não era grande demais para eles, mas era grande demais para aquele mercado e para a Nova Zelândia.

Após a famosa operação com o “Kiwi”

Essa operação rendeu US$300 milhões para o Trust em apenas algumas horas, marcando esse momento na história do trading. Isso rendeu a Krieger um bônus de US$3 milhões, o que ele considerou um insulto. Ele se demitiu em 1988, após sua decepção com um bônus de apenas 1% dos lucros da operação, e foi trabalhar com George Soros.

O Bankers Trust foi investigado logo após a saída de Krieger. Os órgãos reguladores revelaram que o Trust havia superestimado seu portfólio de opções cambiais em US$80 milhões. Não está claro como e por que essa receita foi superestimada, mas uma teoria muito conhecida é que o Bankers Trust não conseguia entender com precisão às sofisticadas posições de opções de Krieger.

Trader patrocinado earn2trade