Earn2Trade Blog
La bourse des pirates

Bolsa de Valores Pirata

Uma organização pirata foi criada em Haradhere, uma pequena cidade no litoral da Somália, em 2009. Para ajudá-los a sobreviver, eles criaram sua própria bolsa de valores pirata para que as pessoas pudessem investir em atividades criminosas. Eles se concentram nas águas do oceano Índico e o Golfo de Aden, que conecta a Europa à Ásia ao longo do Mar Vermelho.

Eles se organizaram em “empresas”, começando com 15 delas na Bolsa. Desde então, esse número explodiu para 72, e essas empresas geraram milhões. Recentemente, eles começaram a cobrar cerca de US$4 milhões pelo resgate de uma embarcação, muito mais do que os US$2-3 milhões que eles costumavam cobrar antes dos seus investimentos. Um artigo da Reuters conta com a seguinte citação de um dos líderes da operação:

“As ações estão abertas a todos, e todo mundo pode participar, seja pessoalmente no mar ou em terra firme fornecendo dinheiro, armas ou materiais úteis… Nós transformamos a pirataria em uma atividade comunitária.”

Até mesmo a cidade recebe uma parte do valor dos regastes para pagar pela sua infraestrutura tão precária. O governo não possui os recursos para impedir as atividades piratas devido ao apoio de rebeldes do Ocidente. Sem muitas perspectivas, infelizmente isso acaba atraindo muitos jovens ao mundo da pirataria.

Outra citação impressionante vem de uma jovem que cedeu parte do seu acordo de divórcio:

“Estou esperando pelas minhas ações após ter contribuído com um lança-granadas para a operação.” Ela ainda afirmou: “Estou muito feliz e tive muita sorte. Eu ganhei US$75.000 em apenas 38 dias desde que entrei na ‘empresa’.”

A bolsa de valores pirata provavelmente não será capaz de substituir o S&P 500. Mesmo assim, continua sendo um fenômeno interessante de ser observado.