Earn2Trade Blog
Breakeven

Breakeven: o que é, importância e como calcular corretamente

Sempre que você inicia o planejamento para começar um negócio, projeto ou até um novo produto, é imprescindível que você calcule qual será o breakeven point dessa ação.

Mas na prática, você sabe o que significa esse tal breakeven e porque ele é tão fundamental na estratégia financeira de toda empresa? Não só isso, sabia que esse conceito também é aplicado no trading de ações?

Calma que a gente vai te explicar no artigo de hoje tudo que envolve esse conceito, como funciona em variadas situações e principalmente, como calcular qual será o ponto de equilíbrio para atingir uma situação financeira estável e assim dar início ao recebimento de lucros nos seus ativos da bolsa e também na sua empresa.

Boa leitura.

Trader patrocinado earn2trade

Breakeven: o que é?

O conceito de breakeven point como também é chamado, é o termo que traduzido seria algo como “ponto de equilíbrio” pensando num contexto financeiro de uma empresa, projeto ou ativo.

Para uma empresa, por exemplo, esse ponto de equilibrio é um cálculo que vai demonstrar a viabilidade financeira do negócio em um determinado período de tempo, pois na prática, marca o momento em que os investimentos empatam e a companhia passa a dar lucros.

Quando a um ativo do mercado financeiro é parecido, porém ele é mais utilizado no trading como uma estratégia para gerir melhor os riscos, sendo assim, o investidor adquire as cotas com uma ideia melhor dos seus ganhos no curto prazo.

No fundo, o conceito é basicamente o mesmo, pois é uma projeção que marca o ponto em que o ativo, empresa, projeto ou produto paga todos os seus custos e passa a retornar lucros para seu proprietário.

Quais elementos compõem o Breakeven?

Breakeven: o que é

Para empresas e instituições, o breakeven é composto por alguns elementos básicos para que possa ser executado um cálculo que vai trazer uma projeção para o investidor de quanto tempo ele retornará seu investimento.

Geralmente, é um levantamento feito antes mesmo de iniciar uma empresa, mas também pode ser feito já durante, até porque, muitos empresários começam seus negócios mais por necessidade do que pelo desejo de ser bem sucedido empreendendo.

Então, veja a seguir alguns dos principais elementos para que você possa entender melhor qual é o ponto de equilíbrio do seu negócio ou de algum novo produto que você queira atestar a viabilidade financeira.

Confira:

Custos fixos

Se você tem uma assessoria contábil na sua empresa deve estar cansado de saber o que é são os custos fixos, em todo caso é sempre bom reforçar, principalmente neste contexto de ponto de equilíbrio.

Em resumo, custos fixos são todos aqueles que invariavelmente chegam todos os meses, independente se a empresa produz ou não nesse período.

Entre eles temos as contas de água, energia, internet, aluguel, pagamento de funcionários e por aí vai.

Claro que eles podem variar quanto a valor, pois contas de consumo tem isso, porém é possível fazer uma média, e o termo fixo é mais relacionado ao compromisso mensal de pagamento.

Custos variáveis

Os custos variáveis são aqueles que mudam conforme as necessidades produtivas da empresa, ou seja, se vender mais, vai ter mais custos com matéria prima por exemplo.

Transporte, embalagens, impostos entre outros custos são considerados variáveis, pois vão depender do sucesso comercial da empresa, e para fins de breakeven é ideal fazer uma média realista também.

Receitas

As receitas são todas as entradas de dinheiro na empresa vinda da venda de produtos ou serviços, então, qualquer outro capital que entre fora esses não é considerado como receita e não vale para o cálculo do ponto de equilíbrio.

Sendo assim, na prática, você faz uma estimativa de vendas que também vai dar uma noção de quais serão os custos variáveis e fixos, fazendo assim o seu cálculo ser mais assertivo e a projeção mais fiel à realidade.

Qual a importância do breakeven?

No Brasil, muitas empresas abrem falência antes de completar os primeiros 5 anos de atividade, e é seguro dizer que na maioria desses casos, não havia um planejamento de breakeven que demonstrasse viabilidade, ou quando havia, provavelmente os números estavam inflados.

Isso acontece muito pois o empreendedor animado enche o seu projeto de expectativas e acredita que seu produto vai vender muito para sempre, então calcula pontos de equilíbrio curtos e quando a realidade pede um tempo maior para atingir a meta, o capital não aguenta e a falência vem.

Por isso é fundamental que você faça esse cálculo de forma realista para que a empresa tenha uma viabilidade prevista confortável e um financeiro saudável.

E trazendo para o nosso mundo, o mundo do trading, entrar nas operações sabendo qual é o ponto de equilibrio faz com que a gestão de riscos seja muito mais eficiente e você mitigue as chances de prejuízo.

importância do breakeven

Ponto de equilíbrio financeiro: por que você precisa conhecer?

É comum que um empreendedor parta de uma ideia que ele acredita fielmente que vai ser bem sucedida, e por mais inovadora que essa ideia de produto seja, você só vai saber a capacidade comercial dela quando colocar a venda.

Acredite, o mercado é implacável, e muitas ideias incríveis morrem rapidamente por não ter planejamento nenhum, apenas um sonho de fazer sucesso.

De todas as estratégias e planos de negócios que você pode utilizar, o ponto de equilíbrio financeiro tem que ser a base fundamental onde sua empresa será construída, pois nada leva uma empresa à falência mais rápido do que um financeiro bagunçado.

Então, quando você entende os caminhos para calcular o ponto de equilíbrio de uma empreitada menos riscos você terá de falhar, e aqui fica a recomendação, se sua ideia, por mais genial que seja, não se mostra viável, seguir com ela pode ser muito arriscado, portanto não aposte tudo nisso.

Essa ideia vale para o mercado financeiro, então, gerencie sempre os seus riscos para proteger seus ativos.

Como calcular o breakeven?

Você já viu os elementos que compõem um breakeven point, agora é necessário entender como fazer esse cálculo de forma realista para que possa estabelecer metas e objetivos atingíveis.

E para isso existe técnica e também uma equação para fazer esse cálculo do ponto de equilíbrio e não precisa ser nenhum economista para executá-lo, pelo contrário, basta conhecer a fórmula e aplicar corretamente.

É importante não inflar os números e nem fazer projeções de receitas muito além do que o mercado mostra, por isso vale a pena fazer uma pesquisa de mercado também quando possível.

De qualquer forma, vamos ver a fórmula para fazer o cálculo do ponto de equilíbrio.

Fórmula para o break even financeiro

A melhor maneira para gente entender como funciona a fórmula na prática é analisando um exemplo para visualizarmos melhor a maneira de fazer.

Imaginamos uma empresa de peças automotivas que tenha uma despesa fixa anual de 120 mil reais com uma margem de contribuição de 25%, com esses dados, podemos fazer o seguinte cálculo:

PEF = R$ 120 mil (referentes a despesas fixas) / 0,25 (equivalentes a margem de contribuição citada acima, convertida em número decimal) teremos o resultado de R$ 480 mil.

Com isso, sabemos que o ponto de equilíbrio dessa empresa de peças é de 480 mil reais por ano para se pagar, o que for além disso é o lucro da empresa.

Esse é um exemplo para uma empresa que já está no mercado, porém você pode aplicar a mesma lógica e fazer um cálculo hipotético para testar a viabilidade de um projeto antes de investir nele.

Como calcular o breakeven

Qual a diferença entre Payback e breakeven?

Em essência, esses dois termos parecem bastante semelhantes, mas na prática eles têm funções totalmente diferentes no contexto de uma empresa e também do mercado financeiro.

Payback é o cálculo feito para determinar o quanto de dinheiro precisa entrar no fluxo de caixa para cobrir o investimento inicial, enquanto o breakeven como já falamos, é quando as receitas cobrem os custos.

Portanto, em ambos os casos você tem uma maneira de calcular o retorno de um determinado investimento, porém, o payback tem uma função mais estratégica, enquanto o ponto de equilibrio é mais voltado para permitir uma administração financeira saudável em uma instituição.

No trading, o conceito de breakeven é aplicado, porém num tempo ainda mais curto, afinal, no day trade você pode realizar lucros em poucos segundos.

Aplicando o ponto de equilibrio como estratégia, o trader configura um stop loss para ser acionado no mesmo nível em que ele entrou na operação, de certa forma garantindo pelo menos um empate na sua operação.

Claro que isso deve ser parte de uma estratégia maior, com outras técnicas, porém é uma forma válida de operar no day trade, e se você quer entender melhor como fazer, a Earn2Trade tem o conteúdo que você precisa, confira.

Conclusão

Saber o que é o breakeven ou ponto de equilíbrio e entender como fazer uma gestão mais segura dos recursos financeiros tanto de uma empresa, quanto de um ativo na bolsa. Então, uma vez que você absorveu bem esses conceitos, é hora de aplicar, e falando especificamente do mercado financeiro, faça isso aliado a nossa formação de trader, que sem dúvidas suas operações serão bem mais eficientes.

Trader patrocinado earn2trade