pt
en
es
ar

Blog

Guias de trading, webinários e histórias

Futuros de Eurodólar – Guia de Trading para Iniciantes

Eurodollar Futures Contracts
F T L
17 minutos de leitura
blog ad pt e2t

Ao ouvir sobre futuros de eurodólar, é provável que a primeira coisa que venha à sua cabeça seja o par de moedas EUR/USD do mercado de Forex. Na verdade, esse instrumento nada tem a ver com o mercado de câmbio. Este guia explora os futuros de eurodólar, desde o que são, a sua história, as especificações do contrato e o símbolo, até o que buscar no mercado de eurodólar. Também veremos em detalhes as vantagens e desvantagens do instrumento para entender como o contrato futuro de eurodólar funciona na prática. Então vamos lá!

O que é o Eurodólar?

Há poucas pessoas que ouvem o termo “futuros de eurodólar” e não pensam imediatamente em um contrato de futuros baseado no par EUR/USD – é realmente uma suposição natural. O mercado de Forex é o maior mercado financeiro do mundo, e este é o par de moedas mais ativamente operado.

No entanto, são dois instrumentos completamente diferentes. Os contratos futuros de eurodólar são depósitos a prazo que são mantidos em bancos fora dos EUA, mas que continuam denominados em dólares. Eles estão fora da jurisdição do Fed, o que significa que eles apresentam um risco maior e, portanto, têm um rendimento maior.

E por que isso é chamado de “Eurodólar”? Bem, quando foram lançados, os depósitos a prazo denominados em dólar eram mantidos principalmente em bancos europeus. Por essa razão, eles ficaram conhecidos inicialmente como dólares de banco europeu. Ao longo dos anos, esses instrumentos começaram a se espalhar pelos bancos em todo o mundo, porém eles mantiveram seu nome original: eurodólar.

Curiosidade: as moedas depositadas em bancos fora de seu país de origem são chamadas de “euromoeda”. Por exemplo, dólares australianos mantidos em um banco suíço são considerados uma euromoeda.

Embora não seja um instrumento muito conhecido, os futuros de eurodólar são um mecanismo de investimento muito útil para traders de futuros, tanto avançados quanto iniciantes. A razão disso é a sua liquidez incomparável e a estabilidade no longo prazo.

Você também pode gostar:

A história do ativo

A história do eurodólar é interessante e se inicia nos anos seguintes à Segunda Guerra Mundial. Os EUA saíram da guerra como um dos grandes vencedores e se estabeleceram como uma superpotência global, o que levou a um aumento substancial na demanda pelo dólar americano. Outros fatores fundamentais relacionados ao interesse crescente pela moeda foram a expansão da economia do país e o projeto de ajuda econômica à Europa, chamado de plano Marshall.

O conceito de eurodólar começou a evoluir nos anos 50 e no período da Guerra Fria. A União Soviética iniciou um processo de transferência da sua receita em dólares – gerada pela venda de petróleo – para bancos fora dos EUA. A ideia era impedir que o país congelasse seus ativos como parte de uma estratégia geopolítica mais agressiva.

Ao longo dos anos, o eurodólar competiu com os Certificados de Depósito (CDs) pelo primeiro lugar no mercado monetário de curto prazo. Até que no fim dos anos 80, os eurodólares ultrapassaram os CDs. O motivo foi uma série de eventos, incluindo o limite do Fed para depósitos domésticos, os déficits comerciais nos EUA, entre outros. Desde então, o eurodólar tem sido o maior e mais popular mercado monetário privado de curto prazo do mundo.

Atualmente, as taxas de juros do eurodólar são usadas pelos investidores como uma referência de financiamento empresarial. Muitas vezes, eles também o usam como um indicador do risco de crédito em uma escala interbancária.

Introdução aos contratos futuros

Vamos dar uma olhada na história dos contratos futuros de eurodólar. Eles foram lançados em 1981 pela CME, sendo o primeiro contrato de futuros liquidado em dinheiro. O contrato futuro de eurodólar foi inicialmente operado no maior pregão da CME, que era quase do tamanho de um campo de futebol e recebeu mais de 1500 traders.

Curiosidade: antes do seu lançamento, os futuros de eurodólar atraíram tanto interesse que algumas pessoas acamparam do lado de fora da bolsa para esperar pela sua abertura. Quando a bolsa foi aberta, elas inundaram o pregão superior da CME.

Atualmente, todo o processo é conduzido eletronicamente. Qualquer pessoa com uma conta em uma corretora de operação de futuros pode aproveitar o instrumento com apenas alguns cliques.

O mercado de eurodólar

O principal problema do mercado de eurodólar é que ele não possui estatísticas detalhadas e dados oficiais quanto ao seu crescimento. A razão para isso é que ele não é administrado por uma agência governamental.

No entanto, a partir dos dados disponíveis, fica claro que este é o maior mercado financeiro do mundo, com estatísticas indicando que, em 1997, mais de 90% de todos os empréstimos foram feitos dessa maneira.

Vamos avaliar os números com mais detalhes. É importante observar que, em 1969, o tamanho do mercado de eurodólar era estimado em US$37 bilhões. Já em 1985, o tamanho líquido do mercado era de US$1,67 trilhão. Mais tarde, em 2016, o mercado ultrapassou os US$13,8 trilhões.

Além disso, no estudo do Nedbank “A Ascensão e Queda do Sistema do Eurodólar”, de setembro de 2016, os autores concluem que o mercado de eurodólar tem um tamanho significativo. No seu pico, ele atingiu aproximadamente 0,87 vezes o tamanho de todo o sistema bancário dos EUA.

O mercado futuro de eurodólar interessa a todos os tipos de investidores, de traders individuais a grandes corporações e governos de todo o mundo. Após a CME, os mercados mais populares para operar eurodólar são Londres e Singapura. O primeiro é particularmente popular por ser operado durante os pregões americano e asiático.

O que são futuros de eurodólar?

Segundo a definição de futuros de eurodólar, esses instrumentos são contratos liquidados em dinheiro, cujo preço se baseia na taxa LIBOR (“London Interbank Offered Rate”) de três meses na data de vencimento. Em outras palavras, o preço do contrato reflete o valor previsto da LIBOR no momento da liquidação.

No entanto, se essas explicações mais dificultarem do que ajudarem, lembre-se do seguinte: futuros de eurodólar são contratos baseados em um depósito de eurodólar de três meses no valor de US$1 milhão. Você pode estar se perguntando por que US $ 1 milhão, mas voltaremos a essa pergunta ao tratarmos do funcionamento dos futuros de eurodólar. Agora vamos analisar melhor o instrumento.

Futuros de eurodólar (símbolo “GE”) são o produto de taxas de juros mais operado no mundo. Mais de 80% das operações de futuros de eurodólar ocorrem na CME Globex. Os participantes do mercado aproveitam os preços e a transparência do instrumento em tempo real.

Embora os futuros de eurodólar sejam uma ótima opção para todos os tipos de participantes do mercado, incluindo traders individuais, governos e instituições, eles são particularmente mais interessantes para empresas e bancos. Isso porque os futuros de eurodólar permitem que eles fixem a taxa de juros dos fundos que planejam tomar emprestado no futuro próximo nos níveis atuais.

Dessa forma, as empresas podem aproveitar uma maneira mais prática de investir excesso de caixa, liquidar transações internacionais, conceder empréstimos de curto prazo ou financiar suas exportações e importações.

Por outro lado, os bancos usam esses instrumentos como hedge para minimizar os riscos do mercado de Forex ao operar derivativos de renda fixa. Por ser uma moeda líquida, o dólar americano oferece a chance de financiar empréstimos denominados em dólares a clientes estrangeiros, sem assumir os riscos cambiais.

Os analistas preveem que o mercado futuro de eurodólar continuará crescendo enquanto o dólar for a moeda dominante no mundo.

Como o contrato funciona

Embora o conceito de futuro de eurodólar pareça um pouco complicado, a verdade é que o seu funcionamento é muito simples e fácil de entender.

O ativo subjacente é um depósito a prazo de eurodólar com o valor principal de US$1 milhão, e o prazo de vencimento é fixado em três meses. Quando o contrato vencer, o vendedor poderá transferir sua posição de caixa em vez de entregar o ativo subjacente.

Contratos futuros de eurodólar são operados por meio de um índice de preços. O valor do índice é calculado subtraindo a taxa de juros do contrato futuro de 100. Por exemplo, se a taxa de juros estiver definida em 3%, o preço do índice será igual a US$97 (100 – 3 = 97). Isso significa que você pode determinar a taxa de juros a partir do valor em que o contrato futuro é cotado. Por exemplo, se ele estiver cotado a US$95,25, então a taxa de juros é de 4,75%.

O preço do contrato futuro de eurodólar possui uma correlação inversa com as taxas de juros. Portanto, quando elas caem, o preço do contrato aumenta, e vice-versa.

Agora vamos analisar as taxas de juros. Antes de tudo, devemos especificar que os futuros de eurodólar são instrumentos derivativos baseados na taxa LIBOR. Por que é baseado na LIBOR? Porque a LIBOR é considerada a principal referência para as taxas de juros de curto prazo, nas quais os bancos tomam empréstimos do mercado interbancário.

Portanto, para resumir o funcionamento dos futuros de eurodólar, devemos dizer que eles representam a taxa LIBOR de três meses para um depósito no valor de US$1 milhão, mantido em bancos internacionais, que é previsto na data de liquidação do contrato. 

Especificações dos contratos futuros de eurodólar

Vejamos as especificações oficiais do contrato futuro de eurodólar (“GE”), de acordo com a CME:

Unidade do ContratoUS$2.500 x Índice IMM do contrato
Cotação de PreçoÍndice IMM do contrato = 100 – RR = taxa LIBOR de três meses para liquidação à vista na 3ª quarta-feira do mês do contrato.
Horários de OperaçãoDe domingo a sexta-feira, das 17h às 16h (CT)
Variação do Preço MínimoMês de contrato com vencimento mais próximo: um quarto de um ponto-base da taxa de juros = 0,0025 pontos de preço, ou US$6,25 por contrato. Todos os outros meses do contrato: metade de um ponto-base da taxa de juros = 0,005 pontos de preço, ou US$12,50 por contrato. O “novo” contrato mais próximo começa a ser operado em incrementos de 0,0025 na mesma data de operação do último dia de operação do contrato “antigo” de vencimento mais próximo.
Código do ProdutoGE
Contratos ListadosOs 40 meses mais próximos (ou seja, 10 anos) no ciclo trimestral de março (março, junho, setembro, dezembro) mais os 4 meses “seriais” mais próximos fora do ciclo trimestral de março. O novo mês do contrato trimestral de março para entrega em 10 anos, portanto, é listado no dia de vencimento do mês do contrato trimestral mais próximo.
Forma de LiquidaçãoLiquidação financeira
Último Dia de OperaçãoSegundo dia útil bancário de Londres antes da 3ª quarta-feira do mês do contrato. A operação de contratos vencidos termina às 11h (horário de Londres), no último dia de operação.
Fonte: CME Globex

Como operar?

A resposta a essa pergunta depende do objetivo do trader – se ele quer se proteger (hedge), especular ou algo além disso. Antes de avaliar como essa decisão afeta sua estratégia de trading de futuros de eurodólar, vamos tratar da mecânica e dos princípios básicos a serem seguidos ao comprar e vender esse tipo de contrato.

Antes de tudo, é fundamental identificar o que as mudanças no preço do contrato futuro podem nos dizer sobre a LIBOR. Por exemplo, se o trader comprar um único contrato futuro de eurodólar por US$95,00 e ele subir para US$95,05, isso significa uma variação da taxa LIBOR de 5,00% para 4,95%.

Mas o que isso significa em termos de lucro? Como um ponto-base equivale a US$25 por contrato, o trader ganharia, nesse caso, US$125 (5 pontos-base x US$25 por contrato).

Agora vejamos as formas de operar futuros de eurodólar.

Hedge

Bancos e empresas usam o instrumento para se proteger dos risco das taxas de juros.

Instituições financeiras, por exemplo, usam futuros de eurodólar como hedge com derivativos de renda fixa. Dessa forma, os bancos podem se proteger contra mudanças na curva de juros para o futuro próximo que poderiam afetar negativamente seus ganhos.

Por outro lado, as empresas usam os futuros de eurodólar para fixar as taxas de juros dos fundos que planejam tomar emprestado ou emprestar no futuro. Veja como isso funciona na prática.

Imagine que a empresa ABC pretende expandir sua linha de produção durante o verão, quando seus negócios desaceleram um pouco. A previsão deles revela que o projeto exige a quantia de US$5 milhões disponível no início de abril. Considerando que um único contrato futuro de eurodólar é um depósito a prazo de três meses no valor de US$1 milhão, a empresa pode fixar as taxas de juros no nível atual vendendo a descoberto cinco contratos futuros de eurodólar com vencimento em abril.

Como o preço reflete a taxa de juros no momento da liquidação (abril, nesse caso), a empresa lucra com um aumento potencial da taxa de juros. Por sua vez, isso pode diminuir o preço dos futuros de eurodólar de abril.

Vamos colocar isso em números. Por exemplo, em 1º de janeiro (três meses antes de 1º de abril) o contrato futuro de eurodólar de abril foi cotado a US$95,00 (taxa de juros de 5%), e o preço de fechamento final é de US$94,00, o que indica um aumento projetado de 1% nas taxas de juros. A venda de cinco contratos a US$95,00 em janeiro capta um lucro de US$2500 por contrato – ou seja, são 100 pontos-base x US$25, ou US$12500, para toda a operação depois de cobrir a posição vendida.

O que a empresa fez aqui foi compensar o aumento esperado nas taxas de juros. Ela fixa a taxa LIBOR com três meses de antecedência, fazendo uma venda a descoberto em janeiro.

Especulação

Os traders especializados em acompanhar tendências aproveitam os futuros de eurodólar, pois o ativo registra movimentos de preço de tendência de longo prazo, geralmente com duração de um ano ou mais.

No gráfico abaixo, você pode ver duas tendências claras – uma de alta e outra de baixa – ocorrendo no período de quase sete anos. A primeira durou 15 meses consecutivos, enquanto, na segunda, os vendedores dominaram o mercado por mais de 27 meses.

Eurodollar Futures Speculation

Para identificar essas situações favoráveis, os traders que seguem as tendências geralmente ficam atentos aos anúncios do Fed ou das autoridades monetárias, os quais afetam diretamente o preço do ativo. Se, por exemplo, o Fed anunciar um aumento gradual das taxas de juros no longo prazo, o preço dos futuros de eurodólar passará por uma queda constante.

Durante alguns dias antes e depois desse tipo de anúncio, o ativo tende a ficar mais volátil. Isso significa que scalpers e traders mais agressivos ficam um pouco mais ativos nesse período.

Traders não direcionais, por outro lado, preferem o instrumento por permitir que eles façam compras e vendas ao mesmo tempo. Dessa forma, eles tentam capitalizar a diferença entre compra e venda.

Fundos de investimentos de grande porte, que atuam como formadores de mercado, usam os futuros de eurodólar por conta da sua profunda liquidez e da volatilidade intradiária relativamente baixa.

O mercado futuro de eurodólar também é um ambiente interessante para traders especializados na aplicação de metodologias avançadas, como trading de arbitragem. Primeiro, eles inspecionam o mercado em busca de discrepâncias nos preços. Em seguida, eles compram o contrato de um mercado em que ele é operado a preços mais baixos. Por fim, eles o vendem onde o preço é mais alto.

Diversificação de portfólio

Os contratos futuros de eurodólar também são atraentes para investidores institucionais e gestores de fundos – pelo menos por aqueles que procuram uma ferramenta eficiente, porém não convencional, para diversificação de portfólio. Esse instrumento é uma ótima maneira de espalhar o risco por mais classes de ativos, podendo ajudá-lo a equilibrar seu portfólio com algo diferente das ferramentas tradicionais, como metais preciosos, títulos, etc.

Os benefícios dos futuros de eurodólar como uma ferramenta de diversificação de portfólio se devem a uma correlação relativamente baixa do instrumento em relação às classes de ativos comuns.

Para mais informações sobre estratégias e ideias de trading de futuros de eurodólar, consulte o guia da CME.

Vantagens e desvantagens de operar futuros de eurodólar

Assim como qualquer outra oportunidade de investimento, os contratos futuros de eurodólar também possuem suas desvantagens. Eles têm suas falhas, mas também seus benefícios. O que torna esse instrumento atraente para alguns traders pode torná-lo menos interessante para outros. Portanto, vamos repassar suas principais vantagens e desvantagens:

Vantagens

Instrumento com alta liquidez

Ao longo dos anos, o contrato futuro de eurodólar se estabeleceu como um dos principais contratos da CME. Ele muitas vezes ultrapassa o E-mini S&P 500 ou até mesmo os futuros de petróleo. Isso passou a atrair investidores que buscam instrumentos com alto volume diário de negociação e posições em aberto (open interest).

Testado pelo tempo

A CME lançou o contrato futuro de eurodólar em 1981, sendo o primeiro contrato de futuros liquidado em dinheiro. Basicamente, ele abriu o caminho para outros contratos futuros similares, mas também conquistou a confiança dos investidores com um excelente histórico de desempenho estável.

Versatilidade

Para complementar o conceito de futuros de eurodólar, a CME desenvolveu variantes adicionais do contrato. Isso inclui Bundles, Packs e Eurodólares Seriais.

Os Bundles de Eurodólar permitem que os traders comprem e vendam uma série de futuros em proporções iguais, a partir do contrato trimestral prévio.

Os Packs de Eurodólar permitem o trading simultâneo de séries igualmente ponderadas de quatro contratos futuros, cotados com base na variação líquida média a partir do preço de fechamento do dia anterior.

Os Eurodólares Seriais são muito parecidos com os contratos de futuros trimestrais, exceto pelo vencimento em meses diferentes.

Desvantagens

Suscetível ao risco político

Fatores políticos, como guerras comerciais e tarifas, podem prejudicar o comércio internacional e afetar as importações e exportações das empresas. Infelizmente, essas situações são muito comuns hoje em dia. Como muitas vezes as organizações se baseiam nos futuros de eurodólar para fixar antecipadamente as taxas de juros, a diminuição da atividade econômica pode levar a uma queda na demanda por esses instrumentos, diminuindo assim seu preço. 

Maior volatilidade durante a época das reuniões das autoridades monetárias

Os contratos futuros de eurodólar não se enquadram em uma jurisdição específica. Dito isto, por ser um produto de taxa de juros, eles dependem da política do Federal Reserve. Por esse motivo, a volatilidade no preço dos futuros de eurodólar pode saltar em torno das datas de reuniões importantes do Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC) – e o resultado dessas reuniões pode influenciar a política monetária do Fed.

Para acompanhar melhor as decisões do Fed, você pode usar a ferramenta FedWatch da CME.

Pode ser um pouco complicado para iniciantes

Ao operar um ativo, a regra básica é se familiarizar ao máximo com as especificações e o funcionamento do mesmo. Por ser um contrato futuro financeiro, o eurodólar exige que o trader leve em consideração curvas de rendimento normais e invertidas, o conceito de linearidade, ajustes de convexidade, tendências e muito mais. Isso faz com que o instrumento pareça muito mais complicado para iniciantes do que futuros de commodities, por exemplo.

Perguntas Frequentes

Como comprar futuros de eurodólar?

Para comprar contratos futuros de eurodólar, é preciso ter uma conta em uma corretora de futuros. Além disso, você também deve depositar garantias para cobrir o requisito de margem inicial. A margem pode variar entre 3% e 12% do valor do contrato.

Quando os futuros de eurodólar vencem?

Da mesma forma que outros contratos futuros, os meses de vencimento do eurodólar são fixados ao final de cada trimestre – março, junho, setembro e dezembro.

Qual é o valor de um contrato futuro de eurodólar?

Um contrato futuro de eurodólar representa um depósito a prazo de eurodólar com um valor principal de US$1 milhão e vencimento em três meses.

Como os futuros de eurodólar são cotados?

O preço de um contrato futuro de eurodólar é calculado quando a taxa de juros LIBOR implícita de três meses para o dólar americano é subtraída de 100 – ou seja, se a LIBOR for de 4%, o preço do contrato futuro de Eurodólar será: 100 – 4 = US$96,00.

blog ad pt e2t

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Conta de Corretagem – Como abrir conta em uma corretora e como escolher o melhor serviço

Oscilador Estocástico – Como esse indicador técnico funciona e como usar

Tipos de Ordens – Entenda como e quando usar cada ordem ao operar na Bolsa