Earn2Trade Blog

Dólar futuro: quais são os custos para investir

A ideia de investir em contratos ou minicontratos de dólar futuro é uma proposta bastante atraente para investidores. Afinal, o dólar é uma moeda que se mostra bastante valorizada e a tendência é que continue.

No entanto, existem vários fatores que devem ser levados em conta antes de decidir por esse tipo de contrato futuro em relação a outros.

Se você já ouviu falar em contratos cheios (DOL) ou minicontratos (mini-dólar futuro) (WDO) e deseja entender o que são esses termos, na prática, siga a leitura, e entenda se realmente vale a pena investir em dólar futuro.

Leia também: Alavancagem Financeira – O que é e como funciona?

Trader patrocinado earn2trade

O que é dólar futuro?

Dólar futuro é um contrato de compra ou venda da moeda dólar baseado na taxa de câmbio da data atual e com o vencimento definido.

Em outras palavras, o investidor se compromete a comprar ou vender uma determinada quantia de moeda, em uma data futura, de acordo com um preço acordado no valor presente.

Para o entendimento ficar mais fácil, vamos a um exemplo hipotético, que serve somente para fins de explicação.

Imagine que a cotação do dólar está em R$5,51. Você, enquanto investidor certificado, especula que o dólar deve subir daqui alguns meses.

Para aproveitar essa onda, você decide comprar alguns contratos futuros de dólar ao preço de hoje (R$5,51), mas com vencimento em janeiro de 2023.

Ou seja, você está se comprometendo a comprar uma determinada quantia de dólares a R$5,51 no futuro, independente desse valor ter subido ou baixado.

Usando o mesmo exemplo, vamos supor que você se comprometeu a comprar US$50 mil com vencimento em janeiro de 2023.

Se, na data do vencimento, o dólar estiver valendo R$6,51, você comprará ele por R$5,51 e poderá revender no ato, obtendo lucro e ganhando R$1,00 para cada dólar comprado.

Em compensação, se o valor do dólar sofrer uma queda para R$4,51, você ainda assim terá de comprar a mesma quantia por R$5,51, obtendo um prejuízo de R$1,00 por cada dólar comprado. 

Como funciona o dólar futuro?

Os contratos de dólar futuro são negociados na Bolsa de Valores, em um ambiente denominado Mercado Futuro. Nele, você pode adquirir um contrato hoje e negociá-lo somente mais à frente, de acordo com o vencimento determinado no ato de compra.

A ideia aqui é usar as oscilações da moeda para obter um rendimento satisfatório com a sua operação.

Os contratos de dólar futuro estão disponíveis na B3, no Brasil, com vencimento em todos os meses do ano, assim, você pode tentar ganhar com a valorização (compra), ou com a desvalorização (venda). 

Esse tipo de ativo é negociado na Bolsa de Valores, em um ambiente chamado Mercado Futuro. O nome já indica como funciona o dólar futuro: você pode adquirir um contrato hoje, por exemplo, e negociá-lo mais para frente, de acordo com o vencimento determinado no ato da compra.

Como comprar dólar futuro?

Existem duas formas de comprar dólar futuro: em contratos cheios (DOL) ou em minicontratos, também chamados de mini-dólar futuro (WDO).

Entenda mais sobre cada um desses dois tipos de contratos futuros nos tópicos a seguir:

Contratos cheios (DOL)

A principal característica dos contratos cheios é que eles equivalem à negociação de US$50 mil e geralmente são comercializados em lotes padrão de 5 contratos, totalizando US$250 mil.

Como você pode ver, esse não é um valor muito amigável para pequenos investidores, que estão começando, mas querem ter acesso a esse tipo de opção.

Por isso, foram criados os minicontratos, que veremos no tópico a seguir.

Minicontratos ou mini-dólar futuro (WDO)

Os minicontratos de dólar, ou mini-dólar futuro, por sua vez, podem ter preços equivalentes a um quinto dos contratos cheios.

Em outras palavras, os contratos de mini-dólar equivalem a US$10 mil e não existe um lote mínimo necessário para começar a investir.

Como operar o dólar futuro?

O primeiro passo para começar a operar com o dólar futuro é abrir uma conta em uma corretora de valores mobiliários e ter acesso ao home broker.

Dessa forma, você terá acesso a uma plataforma que permite a negociação desses ativos em tempo real, com a vantagem de contar com suporte, recomendações, análises de quem realmente entende do assunto.

É possível, por meio dos home brokers, comprar e vender contratos futuros no mercado futuro muito rapidamente, com somente alguns cliques.

O importante aqui é ter noção da volatilidade do mercado e saber a hora certa para colocar e tirar o dinheiro, pois só assim você vai obter os lucros desejados.

Quais são os custos para investir em dólar futuro?

Investir em dólar futuro, assim como qualquer outro tipo de investimento do mercado de valores mobiliários, tem seus custos.

Confira a seguir os principais custos envolvidos na operação do dólar futuro:

Taxa de corretagem

A taxa de corretagem é um valor variável cobrado pelas corretoras de investimento conforme a instituição escolhida para a negociação.

Você entrará em contato com essas taxas e será obrigado a pagá-las para praticamente qualquer tipo de operação que for realizar na bolsa de valores, e com o dólar futuro não é diferente.

Por isso, certifique-se de escolher uma corretora que tenha as taxas de corretagem mais vantajosas para o tipo de operação que você planeja montar.

Taxa de liquidação

A taxa de liquidação, por sua vez, é um valor cobrado pela B3 para a realização do registro, compensação, liquidação e gerenciamento do risco de operações, como no caso do dólar futuro.

Taxa de permanência

A taxa de permanência é outra taxa direcionada à B3 e seu valor serve como um pagamento pela geração e atualização dos relatórios de suas posições na operação de dólar futuro.

Taxa B3

Por fim, a Taxa B3 é um valor previsto na venda antecipada do contrato em virtude do recolhimento de emolumentos e da taxa de registro da operação na B3.

Qual é o valor da margem de garantia?

O valor da margem de garantia para dólar futuro pode variar. De acordo com as regras atuais da BR, existem três fatores que determinam essa variação: tipo de ativo negociado, prazo de operação e valor exigido pela correta.

Dessa forma, desde o dia 31 de janeiro de 2022, passou a valor como valor mínimo de margem para operações day trade com minicontratos de índices futuros R$100 e R$150 para minicontratos de dólar (WDO).

Qual é a data de vencimento dos contratos de dólar futuro?

O vencimento dos contratos de dólar futuro acontecem sempre no primeiro dia útil de todo mês e, como veremos abaixo, o código para negociação deve apresentar a sigla DOL, a letra que representa o mês e o ano de vencimento.

No caso dos contratos de índices futuros, que é também um tipo de investimento bastante relacionado ao dólar futuro, o vencimento acontece a cada dois meses, somente nos meses pares do ano.

Qual é o código do dólar futuro hoje?

O código do dólar futuro é formado pela sigla DOL acrescida do código do mês de vencimento e mais dois dígitos que informam o ano de vencimento.

Cada mês possui uma letra que o representa, por isso é importante conhecer esse código específico para conseguir interpretar os contratos negociados na Bolsa de Valores hoje. Veja:

  • Janeiro: F
  • Fevereiro: G
  • Março: H
  • Abril: J
  • Maio: K
  • Junho: M
  • Julho: N
  • Agosto: Q
  • Setembro: U
  • Outubro: V
  • Novembro: X
  • Dezembro: Z

Para exemplificar, imagine que você se deparou com um contrato que contém a sigla VDOL23. Esse código representa que este é um minicontrato de dólar futuro com vencimento no primeiro dia útil de outubro de 2023.

Dólar futuro: vale a pena investir?

Antes de operar o dólar futuro, em primeiro lugar, você precisa entender que se trata de um investimento de risco, ou seja, será necessário levar em conta inúmeros critérios antes de começar a investir nessa modalidade.

O dólar futuro é sim uma maneira de aproveitar as oscilações do mercado para gerar ganhos, mas tudo precisa ser feito com muito embasamento teórico e prático para se obter sucesso.

No entanto, apesar de ser um tipo de operação que pode refletir em muitos ganhos, a sua aplicabilidade mais interessante é enquanto hedge, ou seja, enquanto uma forma de se proteger de oscilações.

Essa estratégia consiste em abrir mão de parte do montante a ser investido, colocando ele em contratos futuros para se proteger do mercado.

A lógica aqui é bem simples: parte do dinheiro vai para os contratos futuros, no qual você aposta “contra” o mercado, e a outra parte vai para investimentos mais tradicionais, como ações, por exemplo, onde você aposta “a favor” do mercado.

Dessa forma, caso o desempenho do mercado não esteja bom, você tem uma maneira de controlar suas perdas, pois você também investiu “contra” o mercado, entendeu?

Por esse motivo, essa abordagem é muito utilizada por produtos do agronegócio, em que a estratégia consiste em usar o mercado futuro para garantir um determinado preço das commodities. 

No fim das contas, se esse tipo de investimento for realizado com bastante planejamento e cautela, valerá muito a pena para o investidor.

Conheça o Gauntlet Mini, a maneira mais rápida de se tornar um trader profissional!

Conclusão

O dólar futuro, como vimos, nada mais é do que um tipo de contrato de compra ou venda desse tipo de moeda com base na taxa de câmbio da data atual e com um vencimento pré-definido.

A ideia de investir em uma moeda que se mostra em alta é bastante atraente, mas é necessário ter um bom estudo de mercado e do cenário econômico para não arriscar demais e acabar tendo prejuízos.

Uma das principais vantagens desse tipo de investimento é realizar a estratégia de hedge, ou seja, criar uma garantia de um investimento um pouco mais sólido.

Se você deseja aprender mais sobre como se tornar um investidor de sucesso, leia também nossos outros conteúdos.

Trader patrocinado earn2trade