Earn2Trade Blog
Estratégia de Martingale

Estratégia de Martingale

Já se falou muito sobre a controversa Estratégia de Martingale, principalmente por pessoas que tentam impressionar traders iniciantes. À primeira vista, parece uma estratégia intuitiva que promete altos rendimentos. No entanto, ela merece mesmo todo esse hype ou é só mais um truque sem fundamento?

blog ad pt e2t

O que é a Estratégia de Martingale?

Em poucas palavras, Martingale é uma estratégia de aposta em que você dobra sua aposta a cada perda. Sabe quando as pessoas dizem “o dobro ou nada” para ganhar alto e recuperar uma perda anterior? Esta é basicamente a estratégia de Martingale.

A ideia é ser capaz de sustentar perdas sucessivas, sabendo que seu primeiro ganho superará todas as perdas anteriores e lhe renderá algum lucro. Pelo menos é esta a teoria por trás dessa estratégia.

Tomemos o lançamento de uma moeda como exemplo. Há uma probabilidade de 50/50 de dar cara ou coroa. Se você apostar US$ 10 em coroa, mas der coroa, você perde US$ 10. Portanto, no próximo lançamento você dobra a aposta para US$ 20. Se perder novamente, você dobra para US$ 40.

Quando você finalmente ganhar a aposta, o dinheiro obtido com esse único ganho será suficiente para recuperar todas as perdas anteriores e ainda obter lucro. Após o primeiro ganho, você pode sair com dinheiro no bolso ou apostar novamente, reiniciando o processo com a quantia mínima.

Exemplo

ApostaResultadoLucro / PrejuízoSaldo Atual
US$ 10Perdeu(US$ 10)-US$ 10
US$ 20Perdeu(US$ 20)-US$ 30
US$ 40Perdeu(US$ 40)-US$ 70
US$ 80Perdeu(US$ 80)-US$ 150
US$ 160GanhouUS$ 160+US$ 10
US$ 10GanhouUS$ 10+US$ 20
Estratégia de Martingale — 4 perdas consecutivas

Os primeiros quatro lançamentos geraram uma perda total de US$ 150, já que você estava dobrando a aposta a cada perda. No entanto, no quinto lançamento você obteve US$ 160, o que foi o bastante para cobrir sua perda acumulada de US$ 150 e ainda obter um lucro de US$ 10.

Após reiniciar a estratégia e apostar US$ 10 no próximo lançamento, você obtém mais US$ 10 de lucro. Se perder na próxima, basta continuar dobrando a aposta até ganhar novamente.

Parece simples, né?

Teoricamente, você poderia continuar dobrando a aposta pelos próximos 25 lançamentos, mesmo que tenha perdido os primeiros 24 – embora essa probabilidade seja mínima –, pois o lançamento final renderia um ganho suficiente para cobrir todas as suas perdas e gerar um lucro líquido.

História e origem da estratégia em jogos de azar

Por se basear em apostas e probabilidade, não surpreende que a estratégia de Martingale tenha surgido no mundo dos jogos de azar. Há duas correntes de pensamento que tentam explicar a origem dessa estratégia.

Muitos acreditam que ela nasceu nos séculos 17 ou 18 na França, assim como as principais estratégias de apostas modernas. Na época, todo mundo se envolvia em algum tipo de aposta; as classes mais altas apostavam sem pensar muito, enquanto as classes mais baixas apostavam o que podiam.

À medida que essa prática se popularizava, diversos estudiosos começaram a analisar a ciência por trás da probabilidade de diversos jogos de azar. Entre esses estudiosos, o matemático francês Paul Pierre Levy é considerado por muitos o criador da estratégia de Martingale, que acabou se tornando um método de aposta muito popular.

A segunda corrente acredita que a estratégia foi batizada em homenagem a John Henry Martindale, dono de um cassino de Londres. Dizem que John estimulava os apostadores do seu cassino a dobrarem suas apostas, pois, segundo ele, os matemáticos haviam provado que os apostadores tinham a garantia de receber seu dinheiro de volta e ainda lucrar um pouco.

Para provar essa teoria, um apostador famoso, conhecido como Charles De Ville Wells, usou a estratégia para transformar 4.000 francos em mais de 1 milhão de francos em Monte Carlo, popularizando ainda mais a estratégia de Martingale. Seu sucesso inspirou até uma música de 1891 chamada “The man who broke the bank at Monte Carlo.”

A estratégia de Martingale passou a ser usada principalmente na roleta, já que apostar no vermelho ou no preto possui uma probabilidade de 50/50. É principalmente por isso que o 0 e o 00 foram adicionados à roleta gerando mais resultados possíveis do que apenas preto e vermelho.

Críticas à Estratégia de Martingale

A principal crítica à estratégia de Martingale é bem óbvia: você precisa de capital infinito para continuar dobrando suas apostas a cada perda. E se você tiver uma sequência de perdas excepcionalmente longa e ficar sem capital antes do seu primeiro ganho?

Lembre-se de que o tamanho da aposta continua crescendo a proporções altíssimas após as apostas iniciais. Quando uma sequência de perdas continua por muito tempo, você pode ser obrigado a abandonar o jogo antes mesmo de conseguir recuperar suas perdas.

Pensando bem, a relação entre risco e retorno também não é muito favorável. Seja apostando em um cassino ou operando ativos, ninguém quer perder. Portanto, embora a estratégia de Martingale seja teoricamente infalível, a realidade é que acelerar suas perdas esperando que um pequeno ganho compense sua aposta inicial não é apenas impraticável, mas também muito perigoso.

Por fim, a estratégia não leva em consideração outros custos que podem estar associados à execução da aposta. Esses custos adicionais podem se somar às suas perdas, o que pode gerar um risco enorme e difícil de sustentar.

É possível usar a estratégia de Martingale no trading?

Teoricamente, sim. Afinal, no trading você está basicamente “apostando” na direção em que o preço do ativo se moverá — para cima ou para baixo. A pergunta mais apropriada seria: você deveria usar a estratégia de Martingale para operar?

Antes de responder, vamos ver como essa estratégia funcionaria no trading.

Há dois resultados possíveis em qualquer operação: lucro ou prejuízo. Se todas as outras condições forem iguais, então ambos os resultados possuem a mesma probabilidade de ocorrer. Por exemplo, vamos chamar esses resultados de X e Z. Agora digamos que você executou uma operação de US$ 50 esperando obter o resultado X; em vez disso, o resultado foi Z. Nesse caso, a relação entre risco e retorno foi de 1:1.

Em seguida, você executa uma nova operação de US$ 100, e novamente espera que o resultado seja X; no entanto, novamente obtém Z. Isso significa que você perdeu US$ 150 nas duas primeiras operações. Sua próxima operação será no valor de US$ 200; se o resultado obtido ainda for Z, você deverá executar uma nova operação de US$ 400, e assim por diante.

Em algum momento, o mercado seguirá a seu favor e resultará em X. Quando isso ocorrer, seus ganhos excederão todas as perdas anteriores e você ainda obterá um lucro igual ao valor da operação inicial — neste caso, US$ 50.

Passo a passo

Se você tiver acesso a um capital muito elevado, aqui estão os passos que deverá seguir para obter esse resultado:

  1. Escolha o ativo para operar e o período de tempo
  2. Determine o tamanho inicial da posição
  3. Abra sua ordem de compra ou venda
  4. Defina seus níveis de stop loss e take profit
  5. Você ganhará ou perderá quando o stop loss ou o take profit forem disparados

Se você ganhar, retorne ao passo 3 e abra uma nova operação; se perder, dobre o tamanho da sua posição e retorne ao passo 3. Se tiver muito capital à sua disposição, você obterá lucro em algum momento.

O apelo dessa estratégia é bastante evidente. Em primeiro lugar, ela fornece um resultado hipotético e previsível sob condições específicas. Teoricamente, é possível obter ganhos ainda maiores se você seguir todos os passos corretamente.

Em segundo lugar, com a estratégia de Martingale você não precisa tentar prever a direção do preço ou as tendências de mercado, já que toda operação bem-sucedida terá ganhos garantidos. Será que seria uma tática interessante em mercados muito voláteis?

Usando a estratégia de Martingale no mercado de ações

Em princípio, a estratégia de Martingale é usada para situações em que há uma probabilidade de 50/50 de ganho ou perda. Como você deve saber bem, o mercado de ações ou qualquer mercado financeiro não pode ser reduzido a uma probabilidade determinada. Operar ativos nunca é tão simples quanto lançar uma moeda ou aposta na roleta.

É por isso que, mesmo se você estiver considerando usar a estratégia de Martingale no mercado de ações, ela deve ser ligeiramente modificada. Vejamos um exemplo.

Suponha que você fez uma compra de US$ 1.000 em ações, pagando US$ 10 por ação. Nos próximos dias, o preço da ação cai 50%, então você compra mais ações — desta vez, pagando US$ 2.000, com US$ 5 por ação. Se o preço da ação cair 50% novamente, você fará outra compra de US$ 4.000, com US$ 2,50 por ação.

US$ 1000 + US$ 2000 + US$ 4000 = US$ 7000 investidos no total

100 + 400 + 1.600 = 2.100 ações compradas no total

O custo médio por ação é de 7000/2100 = US$ 3,33

Neste ponto, você poderia sair da operação e lucrar quando o preço atingir US$ 3,81 (81 – 2.100 x US$ 3,81 = US$ 8.001)

US$ 8.001 – US$ 7.000 = US$ 1.001 (a quantia total investida + US$ 1.001 de lucro)

Qualquer preço acima de US$ 3,33 gerará um pequeno lucro na sua operação.

É claro, apenas reforçando, isso é tudo hipotético. Essas situações raramente se desenrolam exatamente como imaginamos. Além disso, não há qualquer garantia de que o preço da ação voltará imediatamente a ficar acima do preço médio após iniciar a terceira posição.

Se o preço da ação continuar caindo e você continuar dobrando seu investimento, pode acabar não sobrando capital para investir. Portanto, você seria forçado a sair da operação com muitas perdas acumuladas.

A estratégia de Martingale e o Forex

Assim como o mercado de ações, geralmente não há conjunto binário de resultados no trading de Forex. Sim, ainda há dois resultados principais possíveis, mas a operação geralmente fechará com uma quantidade variável de lucro ou prejuízo.

De qualquer forma, o princípio por trás da estratégia de Martingale permanece o mesmo. Basta definir sua meta de lucro e o stop loss com base em um dado número de pips. Além disso, o que você está dobrando neste caso é o tamanho do lote.

A estratégia de Martingale pode funcionar ligeiramente melhor no trading de Forex, pois dobrar os tamanhos de lote efetivamente diminui seu preço de entrada médio. Além disso, no trading de moedas, as tendências podem durar muito tempo, e ela será sua amiga até o seu fim.

Exemplo

TaxaOrdemTamanho do LoteEntrada
1,2500Compra 11,2500
1,2480Compra21,2480
1,2460Compra41,2460
1,2440Compra81,2440
1,2420Compra161,2420
1,2438Venda161,2438

Nós admitimos que sua meta de lucro e seus níveis de stop loss são definidos em 20 pips. Portanto, para a primeira operação, o trader compra um lote a 1,2500. O par de moedas perde 20 pips, caindo para 1,2480. Isso dispara o stop loss, mas, em vez de sair da posição, o trader compra mais dois lotes a 1,2480 por lote. A entrada média agora é igual a 1,2490 (1,2500 + 1,2480/2).

Neste ponto, embora as perdas não realizadas não tenham variado, agora o trader só precisa que a taxa de câmbio suba 10 pips para atingir o equilíbrio. Ao dobrar o tamanho do lote, o trader reduz a quantia relativa que precisa para recuperar as perdas não realizadas.

Na quinta operação, o lucro obtido cobre todas as perdas sofridas com as quatro operações anteriores. Um sistema de trading de Forex automatizado pode fechar essas operações assim que o lucro for realizado ou manter o par de moedas prevendo lucros maiores.

Outra razão para a popularidade da estratégia de Martingale no Forex é que, ao contrário das ações, há uma probabilidade muito menor de que o valor da moeda chegue a zero. Sim, pode haver grandes oscilações, mas raramente o valor chegará a zero.

Dessa forma, os traders podem continuar dobrando o valor das operações, admitindo que o mercado poderá virar a seu favor em algum momento, o que lhes dará mais chances de recuperar todas as suas perdas com apenas um ganho.

Desvantagens e riscos

Apesar de parecer uma estratégia de trading matematicamente sólida, a verdade é que os riscos potenciais da estratégia de Martingale superam muito os possíveis ganhos. Veja por quê:

  • Você precisará de uma quantidade de capital infinita, o que, na prática, não é algo a que o trader médio – ou, talvez, nem mesmo o melhor trader do mundo – tem acesso. Você pode ficar sem fundos antes que o mercado passe a se mover a seu favor. Em seguida, você será forçado a sair da operação com perdas desastrosas.
  • A estratégia de Martingale depende de uma versão binária de probabilidades iguais. No trading de ações ou Forex, no entanto, a probabilidade de cada operação é impactada por inúmeros fatores. Dessa forma, elas nunca atendem aos requisitos da estratégia de Martingale.
  • Também há um grande problema em potencial ao se operar com alavancagem. Até mesmo pequenos movimentos de preço contrários à sua posição podem gerar grandes perdas. Nesses casos, todo o saldo da sua conta de trading pode ser zerado após três ou quatro perdas consecutivas.
  • Gastar quantias cada vez maiores do seu capital para atingir um lucro equivalente à sua posição inicial não faz muito sentido. Para se obter um lucro razoável, o tamanho da sua posição inicial teria que ser enorme. No entanto, isso significaria que os valores das operações seguintes também seriam imensos.
  • A estratégia não considera os custos da transação envolvidos em cada operação. Isso significa que você perde mais toda vez que dobra a aposta.
  • Sua plataforma de trading pode impor limites quanto à quantidade de vezes que você pode executar uma operação, bem como ao tamanho das operações. Isso significa que o trader não possui chances ilimitadas de dobrar sua posição. Se o mercado não se mover a seu favor dentro das chances limitadas definidas pela plataforma, então eles sofrerão grandes perdas sem qualquer chance de recuperação ou de obter algum lucro.

Estratégia Anti-Martingale

Como o nome sugere, a estratégia Anti-Martingale estabelece que você dobre o tamanho da posição após lucrar com uma operação. Os traders fazem isso esperando que o ativo ou a moeda continuará se valorizando.

O cenário ideal hipotético para essa estratégia seria um mercado de alta já estabelecido. Teoricamente, ela também funcionaria bem com o trading de momentum, já que, com mais compradores no mercado, o preço do ativo tende a continuar subindo.

A principal vantagem prometida pela estratégia de trading Anti-Martingale é que você pode ganhar mais dobrando a quantia investida em cada operação. Além disso, o risco é minimizado durante condições desfavoráveis, já que o volume de negociação não aumenta quando o preço de mercado cai.

Dito isso, se houver uma longa sequência de perdas no mercado, você não conseguirá obter lucro, pois as posições com lucro e prejuízo serão alternadas. Portanto, será preciso determinar seus pontos de entrada e saída de maneira precisa de modo que as perdas não superem os ganhos obtidos.

Considerações finais

Seu sucesso como trader depende principalmente da eficiência da sua estratégia de trading. Há dezenas de estratégias de trading disponíveis, portanto tornou-se mais importante do que nunca entender suas respectivas vantagens e desvantagens para que você saiba se vale a pena implementá-las.

No caso da estratégia de Martingale, as desvantagens devastadoras superam qualquer benefício em potencial. Em geral, o sucesso dessa estratégia depende principalmente de sorte e do acesso a uma quantidade infinita de capital.

Além de tudo isso, ela não aumenta suas chances de lucro com suas operações. Em vez disso, ela faz com que você continue perdendo cada vez mais na esperança de que haverá pelo menos um ganho antes que seu capital chegue ao fim. Basicamente, sua expectativa de lucro só aumenta linearmente, enquanto sua exposição ao risco aumenta exponencialmente.