Earn2Trade Blog
indicators-to-avoid

Quais indicadores você deve evitar em sua estratégia de trading?

Os indicadores técnicos de trading servem para um motivo. Cada um deles foi projetado para ajudar os traders em um aspecto específico de suas atividades. Alguns ajudam a prever o price action, outros rastreiam a volatilidade para gerar sinais de compra e venda, outros ajudam a identificar níveis de suporte e resistência, entre outras coisas. Embora todas as diferentes ferramentas possam ser úteis, dependendo da sua situação e das necessidades de trading, existem alguns tipos de indicadores que você deve procurar evitar.

Trader patrocinado earn2trade

Quais indicadores você deve evitar em sua estratégia de trading?

Se você está procurando uma lista que fale mal de alguns dos indicadores técnicos de trading mais populares, então este guia não é o que você está buscando. Todos os indicadores têm um propósito específico e podem melhorar sua estratégia de trading.  No entanto, se aplicados incorretamente, eles podem ter o efeito contrário gerando sinais falsos e enganosos.

Para evitar essas situações, os traders (principalmente iniciantes) devem ficar longe dos seguintes tipos de indicadores (pelo menos no início):

Indicadores não apropriados à sua estratégia de trading ou ao ativo que você opera

Como você provavelmente já sabe, existem vários tipos de indicadores. Os mais populares incluem indicadores de tendência, impulso, volume e volatilidade.

A chave para construir uma boa estratégia de trading é simples. Primeiro, você deve classificar indicadores de trading de acordo com seu propósito.  Em seguida, use os indicadores de trading apropriados para o propósito certo.

Ao projetar sua estratégia de trading, é importante adotar apenas indicadores que estejam alinhados com suas metas de trading e perfil. Por exemplo, um trader que opera a curto prazo como um scalper ou um trader que opera com alta frequência não se importará com indicadores de longo prazo. Em vez disso, ele se concentrará em indicadores de impulso e/ou tendência para obter uma representação mais precisa da situação atual do mercado. Além disso, se você é um investidor que busca lucrar a longo prazo, não faz sentido colocar muito peso no papel que os indicadores de volatilidade desempenham em sua estratégia de trading.

Também é essencial evitar o uso de múltiplos indicadores de trading da mesma categoria (por exemplo, alguns indicadores de impulso). Em vez disso, certifique-se de equipar sua estratégia de trading com indicadores de diferentes categorias.

Além disso, certifique-se de evitar indicadores que não são adequados aos ativos que você está operando. Por exemplo, se você está operando títulos ou um ativo com um preço relativamente estável (por exemplo, ouro), então os indicadores de volatilidade lhe darão pouco ou nenhum valor.

O indicador “bala de prata”

Há centenas de artigos que abordam “o melhor indicador técnico de trading”. No entanto, a maioria deles não diz que nenhum indicador é o melhor de todos indiscutivelmente.  Indicadores infalíveis não existem.  Evite confiar em indicadores que afirmam ser o “segredo do sucesso”.  Se houvesse um indicador técnico especial que garantisse uma taxa de sucesso de 90% ou 100%, todos estariam usando-o. Se fosse esse o caso, simplesmente não faria sentido no trading.

No entanto, existem indicadores que são melhores para casos ou propósitos de uso específico. Por exemplo, se você quiser identificar uma tendência, você pode usar as Médias Móveis ou o MACD. Se você quiser determinar os níveis de preço de sobrecompra e sobrevenda, você pode considerar o uso do RSI ou do Oscilador Estocástico. Você pode usar Bandas Bollinger para ter uma noção da volatilidade. Se você quiser marcar os níveis de suporte e resistência, então a Retração de Fibonacci é uma boa escolha.

Como você pode ver, todos os indicadores mais populares têm um propósito específico. Nenhum deles, no entanto, pode servir a todos os propósitos ao mesmo tempo.

Além disso, ainda na ideia do indicador “mágico”, não pense em usar apenas uma única ferramenta. Em vez disso, encontre a combinação certa de indicadores. Por exemplo, um indicador leading como o RSI pode funcionar muito com um lagging como o MACD. Dessa forma, você pode ter um sistema que o alerta antes da oportunidade surgir e que também confirma depois. Você também pode combinar um indicador de impulso (RSI) com um indicador de volatilidade (Bandas Bollinger). Fazer isso permite medir diferentes pontos de dados e obter um sinal mais preciso. Nesse sentido, a ideia do indicador “mágico” só pode funcionar se for um sistema de ferramentas. Nenhum indicador por si só é capaz de fazer isso sozinho.

Indicadores de outros traders que prometem lucros altos

Existem todos os tipos de configurações de trading, pacotes de indicadores ou ferramentas avançadas à venda na internet. Algo em comum entre eles é que eles prometem altas taxas de ganho e uma fórmula “mágica” para lidar com os mercados.

Embora esses indicadores possam, de fato, ser muito eficazes, há uma detalhe – eles são projetados para propósitos específicos. Este propósito pode muitas vezes ser diferente do que você está tentando alcançar.  Consequentemente, eles são incapazes de funcionar o tempo todo e em todas as configurações de trading.

Copiar cegamente os indicadores que outros traders usam é uma receita para o desastre. Há várias razões para isso. Primeiro, você não está familiarizado com as configurações de indicadores de outros traders, já que você não tem ideia para que seus indicadores são usados. Assim, não há garantia de que a configuração específica funcionará no seu caso.

Os mercados não são estagnados. Pelo contrário – eles evoluem e estão em movimento contínuo. Tenha em mente que essas configurações de trading “de alto ganho” geralmente são construídas do zero e testadas ao longo do tempo para trabalhar sobre configurações específicas e condições de mercado. Mas o que acontece quando as condições do mercado mudam? Você seria capaz de reagir, ou confiaria na mesma estratégia para lidar com uma situação diferente?

Estratégias de alto desempenho não são uma combinação especial de indicadores ou configurações. Elas são eficazes porque os traders que as utilizam sabem como reagir em todas as situações. É por isso que confiar em um único indicador ou um grupo de indicadores para resolver seus problemas ou ajudá-lo a aproveitar apenas as operações vencedoras não é uma estratégia viável no longo prazo. Você deve aprender a trocar as marchas e quando aplicar as diferentes ferramentas em seu arsenal com base nas condições dominantes do mercado.

Indicadores sem propósito

O medo de estar perdendo algo (FOMO, na sigla em inglês) é uma percepção comum entre os traders. Por exemplo, se você está operando com uma taxa de sucesso de 60%, mas você vê que um amigo seu ou outro trader que você conheceu online está atingindo uma taxa de sucesso de 70% – 75%, você vai querer saber o que ele faz melhor, certo? E você nota que eles estão usando um indicador que você não está. No entanto, tenha em mente que é mais provável que este indicador não seja a razão pela qual o outro trader está se saindo melhor do que você. E não há nenhuma razão para empregá-la em sua estratégia também, uma vez que você não vai saber o que fazer com ela.

A primeira e mais importante coisa é garantir que cada indicador que você tenha em seu gráfico tenha um propósito. A segunda é que você tenha apenas um indicador para cada propósito.

Por exemplo, um trader que vai bem em períodos de maior volatilidade não precisa usar vários indicadores para rastreá-la. Pelo contrário – um único indicador é suficiente para esse propósito. Não se esqueça que os indicadores de uma única categoria estão correlacionados.  A razão é que eles são baseados em praticamente os mesmos fundamentos. Assim, eles lhe darão sinais semelhantes.

Além disso, usar um único indicador para rastrear a volatilidade deixa espaço para equipar seu gráfico com indicadores de dinâmica ou tendência que podem melhorar os outros aspectos da sua estratégia de trading. A única coisa que você vai conseguir adicionando muitos indicadores ao seu gráfico é introduzir mais ruídos. Ou seja, você deixará o gráfico mais difícil de interpretar.

Novos indicadores

Você deve que lembrar que a análise técnica tem três séculos de idade. Muitos indicadores que surgiram há 50 ou 70 anos continuam sendo alguns dos mais populares e eficazes até hoje. É por isso que você pode ouvir que indicadores técnicos são como vinho – eles melhoram com a idade. E apesar dos mercados financeiros terem se tornado evoluídos e complexos hoje, uma coisa permanece a mesma – os indicadores técnicos de trading mais antigos continuam funcionando perfeitamente até os dias de hoje. A razão é que os fundamentos não mudam.

No entanto, hoje em dia, os traders trabalham para chegar a versões novas ou “melhoradas” de ferramentas técnicas de trading à prova do tempo. Isso não é necessariamente uma coisa ruim, uma vez que muitos deles são projetados de forma a refletir as novas e dominantes realidades e o comportamento do mercado. Nesse sentido, isso não quer dizer que não vale a pena explorar essas versões refinadas ou indicadores inteiramente novos. É que leva anos para um indicador provar seu valor, bem como a repetição de vários ciclos de mercado.

É essencial evitar o uso de indicadores que não tenham histórico de mercado suficiente. No final, você estará arriscando seu próprio capital baseando sua estratégia em algo não comprovado. Novamente, não se esqueça que o que temos atualmente como ferramentas de trading é mais do que suficiente para ajudá-lo a construir um sistema de bom desempenho. A diferença entre esses novos indicadores e versões refinadas das antigas não será tão significativa. O risco, no entanto, pode ser.  

Para concluir

Você acha coincidência que indicadores como o RSI, Estocástico, MACD, Bandas Bollinger, Retrações de Fibonacci, e uma dúzia de outros são os mais comuns? Não é. Com o trading, assom como qualquer outra coisa, começar com o básico e com o que provou seu valor ao longo de décadas e várias condições de mercado é a melhor decisão. Não há nada de errado em tentar testar coisas novas. Plataformas de trading como NinjaTrader® e Finamark oferecem uma variedade de indicadores diferentes para os traders experimentarem, como o indicador Golden Cross. No entanto, esteja ciente do risco que você estará correndo. Em muitos casos, eles não vão valer a pena.