Earn2Trade Blog

Mini Dólar: o que é, como funciona e como operar

Surgem muitas dúvidas sobre o que é o mini dólar quando o assunto são minicontratos e contratos futuros.

Mas o mini dólar é um tipo de investimento muito simples de entender e de fazer a compra e venda. O mais importante é entender qual o momento ideal para fazer essa operação.

Na prática, o mini dólar é um tipo de derivativo negociado na Bolsa de Valores, em que o propósito é entender, no cenário atual, qual a expectativa de cotação futura do dólar.

O mini é usado porque esse tipo de contrato representa uma fração do contrato futuro padrão de compra da moeda estrangeira.

Esse tipo de opção de investimento pode ser interessante para fazer que busca ganhos a curto prazo com ganhos em especulação ou pode servir de proteção contra riscos de oscilações no mercado financeiro.

Quer saber mais sobre esse tema e como operar? Continue a leitura!

Trader patrocinado earn2trade

O que é mini dólar?

Para entender o que é mini dólar, primeiro precisamos entender o que é o dólar futuro.

O dólar futuro nada mais é do que um tipo de contrato futuro negociado no mercado futuro, no qual duas partes assinam a compra e venda de dólares por um valor específico no futuro.

Esse é um tipo de ativo que pode ser utilizado tanto para especulação, seja você o comprador ou vendedor, como para se proteger contra a volatilidade do mercado financeiro. 

Tudo começa quando um investidor, visando se proteger da variação cambial, faz um contrato futuro em que se compromete a comprar uma determinada quantia dólar por um determinado valor no futuro.

Imagine que o dólar está cotado em R$5,00 e que esse investidor identifique por meio dos seus estudos do mercado que o dólar vai subir daqui seis meses.

Como forma de se proteger da volatilidade do mercado e realizar algum lucro, ele se compromete a comprar uma quantia específica de dólares no futuro com a cotação atual.

Dessa forma, se o dólar subir dentro desse período, o investidor terá lucro. Caso contrário, se o dólar estiver em queda, ele terá prejuízo, pois pagará mais caro do que o valor de mercado.

A questão fundamental para entender o que é o dólar futuro e o mini dólar é que esses contratos de compra e venda de dólares podem ser negociados no mercado futuro.

Os contratos de dólar futuro cheios são negociados no mercado futuro em 5 lotes de US$50 mil, ou seja, US$250 mil, valores que não são tão acessíveis.

Para aumentar a participação de investidores de menor porte nesse mercado, criou-se o mini dólar, onde os contratos podem ser negociados individualmente e valem U$10 mil.

Como o mini dólar funciona?

Um contrato de mini dólar tem seu resultado dependente das interferências atreladas à taxa cambial, podendo oscilar de acordo com as expectativas a longo prazo do mercado.

Com visto acima, todos os contratos levam em conta o preço futuro da moeda. Por isso, nessa modalidade, o investidor tem a oportunidade de vender ou comprar um ativo no preço e na data pré-estabelecidos.

Qual é a diferença entre mini dólar e mini índice?

Para falar das diferenças entre mini dólar e mini índice, é importante lembrar que os contratos futuros representam sempre um acordo entre o comprador e o vendedor de um ativo de referência.

No mini índice, os dois (comprador e vendedor) realizam essa operação levando em conta a cotação para os contratos relacionados ao Índice Bovespa em datas predeterminadas.

Já no mini dólar, os acordos de compra e venda acontecem de acordo com as expectativas do valor da moeda estrangeira levando em conta a taxa de câmbio.

Também existe outra diferença importante sobre esses dois tipos de investimentos que é a data de vencimento.

No míni índice, a data de vencimento será sempre na quarta-feira mais próxima do dia 15, enquanto no mini dólar o vencimento será no primeiro dia útil do mês.

Em ambos os casos, os contratos podem ser usados pelos investidores como forma de proteção das carteiras de ativos a médio prazo (hedge), como uma forma de se proteger das oscilações de preços.

No entanto, se a expectativa for de baixa do Ibovespa a curto prazo, o investidor pode optar por vender os contratos e comprá-los no futuro em uma cotação mais barata.

Dessa forma, há uma compensação de possíveis perdas na carteira de investimentos.

No dia a dia, esses minicontratos também são usados de maneira especulativa pelos investidores, nas operações de curto prazo e também de day trade, especialmente para operações com alavancagem.

Quais são as vantagens do mini dólar?

Os contratos de mini dólar atraem diversos investidores por ser um tipo de compra e venda de ativo que permite ganhos rápidos por conta da alavancagem, mas essa não é a única vantagem.

Outro benefício desse tipo de investimento é que não é necessário o pagamento pela totalidade do valor do minicontrato. Esse tipo de operação permite que os traders comecem com uma margem de garantia.

E com essa única margem de garantia, é possível conseguir operar com contratos com alta alavancagem e aumentar ainda mais as chances de lucro.

Aqui, é importante destacar que essa vantagem é também um ponto de atenção. É necessário sempre estudar o melhor e o pior cenário. Se o ativo for em uma direção oposta ao que o investidor estiver esperando, o prejuízo também pode ser alto.

Embora seja possível ter ganho na queda do mercado, é importante estar atento.

Por fim, uma das vantagens que mais se destaca é a liquidez.

É importante saber que o mini dólar está entre os derivativos mais negociados dentro do mercado futuro, por isso possui alta liquidez.

Como operar mini dólar?

Para operar em compra e venda de mini dólar, o passo a passo é semelhante ao de outros processos de ativos de renda variável e até mesmo do mini índice que vimos acima. Veja as principais etapas:

  • Abra uma conta em uma corretora de valores que possa fazer a ponte entre você, investidor, e o mercado;
  • Após encontrar a melhor opção de corretora, com os melhores benefícios para o seu perfil de investidor, é hora de avaliar o cenário e escolher a operação;
  • Transfira o valor a ser dado como margem de garantia. Lembre-se que não é necessário ter o valor total do contrato, mas somente a margem de garantia mínima para operar minicontratos;
  • Defina o minicontrato e envie a ordem de operação, de compra e venda. Com a conta aberta e a margem inserida, basta escolher o derivativo e acompanhar a operação para visualizar os ganhos até a data de vencimento.

Quanto vale cada ponto?

Em resumo, cada ponto do mini dólar equivale a um lucro ou prejuízo de R$ 10. Para fazer uma comparação com outros contratos e minicontratos, listamos abaixo o preço do contrato e lote mínimo de cada tipo de ativo. 

Tipo de contratoLote mínimoPreço por ponto de contrato
Índice cheio – IND5R$ 1,00 
Mini índice – WIN1R$ 0,20
Dólar cheio – DOL5R$ 50,00
Mini dólar – WDO1R$ 10,00

Qual é o código do mini dólar?

O código do mini dólar, assim como de outros contratos futuros, é elaborado a partir de uma série de combinações de siglas e números que representam o mês e ano de vencimento.

Como vimos, o vencimento do contrato do mini dólar é sempre no primeiro dia útil de todo mês.

Na lista abaixo, temos a letra que representa cada mês de vencimento:

  • Janeiro: F
  • Fevereiro: G
  • Março: H
  • Abril: J
  • Maio: K
  • Junho: M
  • Julho: N
  • Agosto: Q
  • Setembro: U
  • Outubro: V
  • Novembro: X
  • Dezembro: Z

Se você deseja investir em um contrato de mini dólar com o vencimento previsto para o primeiro dia útil de dezembro de 2022, o código do mini dólar será ZWDO22.

Quais são os custos para operar o mini dólar?

Os valores para operar em minicontratos variam bastante de acordo com a corretora, pois cada uma pode cobrar um valor diferente de margem de garantia, o que vale tanto para os casos de mini dólar e mini índice.

Uma média cobrada se encontra na faixa de R$ 5 mil para operar mini dólar (home broker) e R$2 mil para plataformas de swing trade.

Para operações day trade a margem é bem menor, com valores de até R$ 25 por minicontrato.

Conheça o Gauntlet Mini, a maneira mais rápida de se tornar um trader profissional!

Conclusão

Neste artigo, buscamos trazer os principais pontos sobre como funciona e como operar mini dólar. Como vimos, existem várias oportunidades de ganho no mercado futuro, sendo também uma alternativa para hedge.

Uma das vantagens é poder operar sem precisar ter o valor do contrato de forma integral. Com a margem de garantia, é possível entrar para esse tipo de investimento sem tantas complicações.

Mas, como sempre destacamos, é importante estudar todos os cenários, seja de compra ou venda, bem para não ficar no prejuízo.

Para dominar ainda mais todos os conceitos de investimentos de mercado futuro e outras opções de renda variável, continue acompanhando nosso blog!

Trader patrocinado earn2trade