Earn2Trade Blog
Candlestick Patterns

Padrões de candle: aprenda a interpretar gráficos e conheça os principais

Os Padrões de Candlestick, também conhecidos como Gráficos de Candlesticks Japoneses, são uma arte milenar desenvolvida em 1700 por Munehisa Homma, no Japão – sim, todo esse tempo atrás! 

Hoje, os padrões de Candlestick são uma parte valiosa do conjunto de ferramentas dos traders modernos. São eles quem descrevem os movimentos de preços de um determinado ativo líquido, de câmbio ou de um instrumento derivativo, como futuros ou opções. 

Para te ajudar a entender esse tema que, muitas vezes, é complexo para quem está iniciando no mercado financeiro, a Earn2Trade traz esse guia aprofundado para te ajudar a se familiarizar com os padrões de candlestick e aprender como usá-los quando for operar no mercado.

Acompanhe abaixo e boa leitura!

300x250_PT_B

O que são padrões de candle?

Os padrões de candlestick são responsáveis por mostrar se houve uma redução ou um crescimento no preço de um ativo específico.

Eles levam esse nome por terem seus formatos nos gráficos parecidos com velas. Os padrões de candle são formados por um corpo retangular, mostrando o preço de abertura e de fechamento do ativo que está sendo analisado.

Além desse formato retangular, eles contam com linhas superiores e inferiores, que são chamadas de pavio ou sombra, mostrando os valores mínimos e máximos desse ativo. No final, olhando como um todo, o padrão se assemelha muito a uma vela!

Foto: Unsplash | Padrões de candle: aprenda a interpretar gráficos e conheça os principais

Qual a importância dos candles?

Cada detalhe dos padrões de candle pode ser relevante para o acompanhamento da análise de dados do mercado financeiro.

Sendo uma ferramenta muito eficaz para os players que operam diariamente na bolsa de valores, quando os padrões de candle são aliados a outros meios de análise, como as Bandas de Bollinger, por exemplo, sua assertividade é ainda maior.

Os padrões de candle, ainda, são um excelente indicador de que as tendências do mercado estão prestes a mudar. Por meio deles, os traders conseguem observar comportamentos nos ativos em questão e mudar suas estratégias de acordo com as formações apresentadas.

É importante saber, também, que não se trata de decorar os tipos de candle que podem compor a análise de um ativo – e, sim, interpretar corretamente os padrões que se formam e compreender seus indícios para um novo processo a ser formado naquele ativo específico. As tendências não mudam a favor de um padrão de candlestick.

Como ler padrões de candlestick?

Existem três coisas fundamentais que um player deve ter em mente para entender como ler padrões de candlesticks. 

A primeira refere-se à parte grossa do candlestick, conhecida como “corpo”. Ela mostra aos investidores se o preço de fechamento do período observado foi menor ou maior que o preço de abertura. 

A segunda coisa a ser observada é a sombra do candlestick, que ajuda a rastrear os preços de alta e de baixa do dia, e compará-los com os preços de abertura e fechamento. 

É assim que deve-se ler os padrões de candlestick em um gráfico.

Conheça abaixo cada um dos conceitos básicos que compõem um candlestick.

Corpo

Se o corpo do padrão de candlestick for vermelho, a ação fechou abaixo do preço de abertura (em baixa). 

Por outro lado, se o corpo for verde, então a ação fechou em um nível superior ao preço de abertura, ou seja, em alta.

Foto: Reprodução/Internet | Corpo de candlestick

No exemplo acima, os candlesticks são apresentados em cinza e vermelho. Contudo, dependendo da preferência do trader, os candlesticks também podem ser pintados de preto ou branco. 

Candlesticks de alta são mostrados na cor branca (ou vazios por dentro), enquanto os padrões de candlesticks de baixa são vistos em preto (ou preenchidos).

Sombras do candlestick

As sombras que compõem um padrão de candle podem ser divididas em superiores e inferiores. São as sombras dos candles que representam os pontos extremos do dia de operação no mercado financeiro.

As sombras do candlestick também podem ser chamadas de pavio ou cauda.  A aparência de um padrão de candlestick depende da relação entre seus preços alto, baixo, de abertura e de fechamento.

Superior

As sombras superiores em um padrão de candle indicam uma movimentação de alta no candlestick observado, seja para compra ou para a venda do ativo.

Inferior

Quando observamos sombras inferiores, as movimentações indicam queda no ativo observado, nos dois tipos de operação. Os candles podem fechar o dia de movimentações financeiras com ambas as sombras compondo o elemento no gráfico.

É importante destacar que as sombras devem ser observadas de acordo com o gráfico em questão, que pode ser em horas, minutos, diários ou até por maiores períodos de tempo.

Quantos padrões de candlestick existem?

Existem centenas de combinações possíveis para a formação de padrões de candle, e os traders não precisam necessariamente utilizar todas elas para operar seus ativos.

Ainda assim, para compreender melhor e poder classificar os padrões de candle, eles são divididos em duas categorias: padrões de alta e padrões de baixa.

Padrões de candle de alta

Padrões de candlestick de alta indicam um momento do mercado dominado pelos compradores. Existem dezenas de padrões de candlestick de alta diferentes. Contudo, nem todos são igualmente populares.

Ainda assim, eles são essenciais para a análise do ativo em questão, e para contribuir com a estratégia dos players com relação ao que será feito com o ativo operado.

Conheça alguns tipos de padrões de candle de alta:

Estrela da manhã

A Estrela da Manhã é um popular padrão de candlestick de reversão de alta, construído por três candlesticks separados. 

O primeiro, é um candlestick de corpo longo, preto ou vermelho, seguido por um candlestick de corpo curto (também conhecido como Doji). 

O padrão é fechado por um longo candlestick branco ou verde. A cor do corpo do candlestick Doji pode ser branca, verde, preta ou vermelha; porém, seu corpo não se sobrepõe ao corpo do candlestick anterior.

Os traders adoram este padrão, pois ele é um sinal de esperança em mercados sombrios. 

O padrão Estrela da Manhã indica que a pressão de venda está diminuindo. O último candlestick no padrão revela o interesse renovado na compra, e geralmente define o início de uma tendência de reversão de alta. 

Para ter uma confirmação melhor sobre isso, certifique-se de observar o volume da operação – ele deve ser maior.

Foto: Reprodução/Internet | Padrão de candlestick estrela da manhã

Engolfo de alta

As formações de candlesticks chamadas de engolfo de alta indicam que o interesse de compra num ativo em particular superou o interesse de venda. 

Este padrão de reversão é formado por dois candlesticks: o candlestick de alta cobrindo completamente o candlestick de baixa. O nome do padrão deve-se à ideia de que o segundo candlestick está “engolindo” inteiramente o corpo do primeiro.

Para ter certeza que você está realmente vendo um padrão de engolfo de alta, foque no candlestick do segundo dia. Seu preço de abertura deve ser menor que o preço baixo do dia anterior, mas devido à pressão de alta, ele marca um preço alto maior.

Padrões de engolfo de alta podem ser vistos em movimentos de tendência de baixa do mercado. Eles geralmente indicam que o mercado está forte o suficiente para elevar o preço do ativo. 

É possível abrir uma posição de compra quando o preço do ativo for superior ao preço alto do segundo candlestick (ou quando houver uma confirmação da reversão da tendência de baixa).

Foto: Reprodução/Internet | Padrão de candlestick engolfo de alta

Padrões de martelo e martelo invertido

O martelo é basicamente um padrão de um único candlestick encontrado no fim de um movimento de tendência de baixa. 

Esse padrão de reversão de alta indica que o instrumento observado logo adotará um movimento ascendente, sob uma tendência de alta no mercado. 

É fácil reconhecer o formato do candlestick semelhante a um martelo, entre outros padrões, pois ele possui uma sombra inferior longa, e geralmente a sombra inferior deve ter pelo menos o dobro do comprimento do corpo. 

Isso indica que os preços estão diminuindo durante aquele dia específico de operações. Contudo, quando um padrão martelo está presente, os preços baixos são seguidos por uma pressão de compra significativa, que leva a preços de fechamento mais altos.

Por isso, traders que abrem posições apenas observando padrões de martelo geralmente se decepcionam. É crucial confirmar o padrão com um aumento no volume de operações. 

Abra posições de compra somente quando ele estiver presente e depois de observar o mercado por alguns dias após notar o padrão de martelo; assim, é possível validar que uma tendência de alta está realmente se formando (como no exemplo abaixo, onde já se passaram dois dias da formação do padrão de martelo).

Foto: Reprodução/Internet | Padrão de candlestick martelo

O padrão martelo também possui uma versão invertida, que também se forma em uma tendência de baixa e marca o suporte do preço ou uma tendência de reversão em potencial.

A principal diferença entre os dois candlesticks está no fato de o martelo invertido ter uma sombra superior maior. Ela marca o aumento da pressão de compra após o preço de abertura, imediatamente seguida da pressão de venda, que, no entanto, não foi suficiente para diminuir o preço abaixo do seu valor de abertura.

Semelhante ao indicador martelo tradicional, aqui também é importante aguardar a confirmação da tendência de alta antes de abrir uma posição de compra. 

Foto: Reprodução/Internet | Padrão de candlestick martelo invertido

Harami de alta

O harami de alta é um padrão de tendência de reversão que acontece quando o mercado está em queda. 

Pode ser observado quando um candlestick branco ou verde de corpo pequeno aparece após uma série de candlesticks de baixa, pretos ou vermelhos. Além disso, o padrão harami de alta deve caber dentro do corpo do candlestick observado no dia anterior.

Se isso for observado no gráfico, deve-se entender que a tendência está perdendo seu ritmo. Contudo, não entre no mercado de imediato. Aguarde para ver se o candlestick do harami será seguido por outro dia de alta. Se for o caso, espera-se que outros dias de baixa estejam a caminho.

Este indicador é chamado assim porque “harami” em japonês significa “grávida”. Segundo especialistas, a combinação de um candlestick de baixa de corpo longo e um candlestick de alta de corpo curto, assemelha-se a uma mulher grávida. 

Embora isso exija um pouco de imaginação, o exemplo abaixo demonstra a lógica por trás do nome deste padrão de candlestick de baixa.

Foto: Reprodução/Internet | Padrão de candlestick harami de alta

Bebê abandonado

Este é outro padrão de reversão de alta que ocorre nos pontos mais baixos de uma tendência de baixa. É amplamente popular e considerado por muitos traders técnicos como um indicador consideravelmente preciso, que pode ser usado até mesmo sozinho.

O indicador do bebê abandonado consiste em três candlesticks: dois de corpo grande (um de baixa e outro de alta) e um de corpo pequeno comprimido entre eles (que é o chamado bebê abandonado).

Para ter certeza de que você está, de fato, vendo um padrão de bebê abandonado, certifique-se de procurar por uma série de candlesticks de baixa (preto ou vermelho), marcando continuamente os preços baixos. 

O bebê, que é um candlestick Doji, aparece logo após eles, devido à falta de interesse na venda. Ele é seguido por um candlestick de alta que marca a reversão da tendência e o potencial de preços mais altos nas próximas sessões de trading. O padrão Doji geralmente fica bem distante dos “seus pais”, que são os candlesticks de baixa e de alta ao redor.

De acordo com alguns traders e especialistas, incluindo Thomas N. Bulkowski em seu livro “Encyclopedia of Candlestick Charts” (Enciclopédia dos Gráficos de Candlestick), pode-se confiar no padrão de candlestick do bebê abandonado para prever de forma precisa os próximos preços altos em 70% dos casos.

Foto: Reprodução/Internet | Padrão de candlestick bebê abandonado

Padrões de candle de reversão

Embora a maioria das formações de baixa e de alta que abordamos sejam de reversão, vamos expandir nossos horizontes, focando em três padrões de candlestick de reversão mais avançados, que são usados por traders técnicos profissionais e experientes.

Confira abaixo a nossa lista:

Reversão de gancho

Este padrão de reversão de curto a médio prazo pode ser tanto de alta quanto de baixa. Nos dois tipos, ele marca um preço alto mais baixo e um preço baixo mais alto que o candlestick anterior.

No exemplo abaixo, vemos um padrão de reversão de gancho de baixa. Ele começa durante uma tendência de alta que é seguida por dois candlesticks de baixa consecutivos.

O preço baixo do último dia de alta é marcado tanto pelo primeiro quanto pelo segundo candlestick de baixa. Traders geralmente agem no segundo dia do movimento de tendência de baixa, iniciando uma operação de venda.

Foto: Reprodução/Internet | Padrão de candle reversão de gancho

Entende-se, assim, que o caso do padrão de reversão de gancho de alta é o completo oposto. O primeiro ou segundo candlestick de alta supera o preço alto do último candlestick de baixa. 

Os traders geralmente agem no segundo dia com movimento positivo do preço, operando uma posição de compra.

Este padrão é usado principalmente por traders profissionais, pois apresenta um risco considerável de perdas. 

Os traders devem estar cientes de seus pontos de saída antes de entrar em uma operação. Ao operar o padrão reversão de gancho de baixa, eles geralmente definem seu stop-loss acima do preço alto recente. Para o padrão de alta, o stop-loss é colocado abaixo do preço baixo recente.

Lembre-se que as reversões aqui são muito acentuadas, portanto, qualquer outro cenário significa que o padrão está perdendo força, e você deve fechar sua posição imediatamente. 

Quando o preço desacelerar ou começar a se mover na direção errada, certifique-se de encerrar a operação.

Reversão de chute

Como um dos padrões de candlestick mais confiáveis, a formação de chute é utilizada por todos os traders técnicos atuais para encontrar mudanças bruscas na direção da tendência. O movimento de reversão acontece em apenas dois candlesticks.

O padrão de reversão de chute pode ser de alta ou de baixa. No exemplo abaixo, estamos olhando para um cenário de alta. A formação inicia após o último candlestick de baixa, quando ocorre um enorme candlestick de alta.

Como você pode ver, a mudança de direção é significativa, e o movimento de alta inicia com bastante força. O segundo candlestick de alta serve como uma confirmação sobre a reversão positiva da tendência.

Foto: Reprodução/Internet | Padrão de candle reversão de chute

Operar este indicador é bastante arriscado devido às mudanças consideráveis e repentinas na direção da tendência. No entanto, isso também é parte das razões pelas quais o padrão é tão confiável e eficiente. 

Os traders técnicos que o dominam, geralmente fazem seus movimentos perto do preço de fechamento do primeiro candlestick de alta (chute de alta) ou da abertura do candlestick de confirmação (o segundo chute de alta).

Os stop-loss são geralmente colocados logo abaixo do preço baixo do primeiro candlestick de alta.

O padrão de chute provou fornecer indicativos mais precisos quando ocorre próximo a mercados sobre comprados ou sobre vendidos. Embora esteja entre os padrões de candlesticks mais fortes, tenha em mente que o padrão de chute é bastante raro.

Ilha de reversão

Outro padrão de reversão muito forte é o padrão de formação de Ilha. Ele indica mudanças de curto prazo na direção da tendência, identificadas por um gap que se forma entre o principal candlestick de reversão, que é comprimido entre outros dois.

No exemplo abaixo, você pode ver um padrão ilha de reversão de baixa. 

Após uma série de dias de alta, acontece uma reversão, geralmente na forma de um Doji. No entanto, ele permanece um pouco distante, muito parecido com uma ilha. 

Os candlesticks de baixa seguintes também distanciam-se dos candlesticks de reversão pelo mesmo gap. O gap em si, representa a indecisão entre os traders e a falta de força dominante clara.

Foto: Reprodução/Internet | Padrão de candle ilha de reversão

Ao operar o padrão de reversão de ilha de baixa, traders profissionais geralmente abrem operações de venda logo após o gap, e avançam na direção oposta. Os traders de alta abrem operações de compra após o gap e, mais uma vez, avançam na direção oposta.

Aqui, o tópico-chave é quando sair do mercado. Certifique-se de observar a maneira como o preço se move quando estiver em um gap. 

Se ele começar a perder momentum ou deixar o gap, mas depois retornar para ele, feche suas posições imediatamente. Os traders costumam posicionar seu stop-loss dentro do gap ou próximo ao candlestick Doji (a ilha).

Padrões de candle ideais para day traders

Apesar de ser interessante saber o básico sobre os principais padrões de candle para operar o mercado com mais assertividade, existem alguns padrões de candlestick que são os melhores para os day traders, tornando a estratégia ainda mais completa e eficaz.

Listamos abaixo os melhores padrões de candle para day traders, para você aplicar nas suas operações; confira:

Barra elefante

O elephant bar é um tipo de candle considerado muito forte nos gráficos; como é representado por uma barra muito maior que as demais que aparecem, é bem fácil identificar a barra elefante.

É claro que é um padrão de candle que depende do contexto: pode ser o início ou o fim de uma tendência. Ainda assim, é um modelo bastante assertivo.

Vela de ignição

Dentro do padrão barra elefante, quando não há uma tendência observada, a elephant bar indica o início de um forte movimento. Pode ser aplicado tanto para movimentos de compra quanto para movimentos de venda.

Vela de exaustão

No caso de situações de tendência, a barra elefante representada no meio dela indica a exaustão do movimento, que também pode ser de compra e de venda.

Doji

Os dojis são momentos de equilíbrio ou indecisão no mercado financeiro; o que torna esse padrão de candlestick tão simples é que ele possui uma configuração formada por apenas um período.

Quando identificamos um doji, os preços de abertura e fechamento do ativo são os mesmos. Ele pode contar com sombras superiores e inferiores e, geralmente, seu formato se assemelha ao de uma cruz.

Estrela cadente

Mais um tipo de candle de reversão, o padrão estrela cadente está entre os principais padrões de candle para day trade.

A também chamada de shooting star é formada por um corpo pequeno, geralmente sem sombra inferior, e a sua sombra superior deve ter, em média, o dobro do tamanho do seu corpo real.

O padrão da estrela cadente é um dos padrões de candle que se mostra mais confiável após tendências de maior duração.

Como saber se um padrão de candle vai subir ou vai descer?

A principal dúvida entre os players, principalmente os iniciantes: como faço para saber se um padrão de candle vai subir ou descer? Como analisar essa previsão?

Além de depender de qual o período do gráfico analisado (1 minuto, 5 minutos, 30 minutos, 1 hora ou mais períodos), as ofertas para determinado ativo, e mais diversas outras variáveis que tornam o mercado o que ele é, essencialmente: imprevisível.

Ainda assim, existem algumas dicas que podem ajudar no processo de entender um padrão de candle em sua movimentação de subida ou queda. Analise tópicos como:

  • a região de suporte dos preços do ativo;
  • o sinal de reversão da ação, como divergências de indicadores;
  • a correção após um movimento de alta.

É impossível saber, com exatidão, se um padrão de candle vai subir ou vai descer, mas o mercado mostra sinais constantes que cabe ao trader interpretar na melhor forma, e adequá-lo à sua estratégia.

Torne-se um trader patrocinado, construindo a sua carreira com um plano de progressão consolidado e eficaz! Visite o site da Earn2Trade e saiba mais!

Conclusão

De traders iniciantes a profissionais, os padrões de candles são ferramentas eficazes, usadas há anos no mercado financeiro, e que provam sua assertividade ajudando os players a compor as suas estratégias negociando ativos.

Acesse aqui o blog Earn2Trade para ficar sempre atualizado sobre as principais dicas e estudos do mercado financeiro!

Conheça também o padrão de Cunha Ascendente e saiba como analisar esse indicador técnico!

300x250_PT_B