pt
en
es
ar

Blog

Guias de trading, webinários e histórias

Padrões de Candlestick – Como Ler e Interpretar Gráficos

Candlestick Patterns
F T L
19 minutos de leitura
Não tem tempo? Confira o infográfico

Os Padrões de Candlestick (também conhecidos como “Gráficos de Candlesticks Japoneses”) são os indicadores que formam a base da análise técnica como a conhecemos hoje. Eles foram desenvolvidos em 1700 por Munehisa Homma, no Japão. Hoje, os padrões de Candlestick são uma parte valiosa do conjunto de ferramentas dos traders modernos. Eles são utilizados para descrever movimentos de preços de um determinado ativo líquido, de câmbio ou de um instrumento derivativo, como futuros ou opções. Este guia aprofundado irá te ajudar a se familiarizar com os padrões de candlestick de alta e de baixa, e aprender como usá-los quando for operar no mercado.

Conteúdo:

Introdução aos padrões de candlestick

Os Padrões de Candlestick são formações técnicas no trading que ajudam a visualizar o movimento do de um ativo líquido (ações, câmbio, futuros, etc.). Eles são usados pelos traders para planejar melhor seus pontos de entrada e saída no mercado.

Geralmente, os gráficos de candlestick mostram intervalos de um dia. Isso significa que, se você observar um gráfico de um mês, provavelmente verá 20 padrões de candlesticks. No entanto, os gráficos de candlesticks também podem representar intervalos maiores ou menores que um dia.

Um único padrão de candlestick é construído por quatro componentes diferentes, que representam informações importantes sobre os preços para o dia de operação, como abertura, fechamento, preço alto e preço baixo. Os dois primeiros, preços de abertura e fechamento, são representados pela parte grossa do corpo do candlestick. A sombra no topo e na parte inferior do candlestick indicam os pontos alto e baixo do preço, respectivamente, que foram registrados ao longo do dia. Por ser consistentemente composto de informações valiosas, os padrões de candlestick se tornaram uma das ferramentas de trading preferidas.

A história sobre a origem dos padrões de candlestick é tão popular que evoluiu ao longo dos anos, e hoje é difícil separar o que é ficção do que é realidade. Algumas fontes sugerem que os padrões de candlesticks foram desenvolvidos em 1750 por Munehisa Homma, um empresário japonês de Sakata, que negociava arroz no comércio local. Outras, como o investidor Steve Nison, afirmam que era improvável que Munehisa Homma utilizasse gráficos de candlesticks à época. O que se sabe com certeza, é que os gráficos de candlesticks foram inventados no Japão, entre 1750 e 1800. Os padrões de Candlestick foram trazidos para o Ocidente por Steve Nison, em 1989. Seus dois livros, “Beyond Candlesticks: New Japanese Charting Techniques Revealed” (Além dos Padrões de Candlestick: Novas técnicas Japonesas de Gráficos Reveladas) – onde ele alegou que era improvável que Homma usasse estes padrões – e “Strategies for Profiting with Japanese Candlestick Charts (Estratégias para Lucrar com Gráficos de Candlesticks Japoneses), são considerados leituras obrigatórias para qualquer trader“.

Você pode gostar também:

Como ler padrões de candlestick?

Existem três coisas fundamentais que deve-se ter em mente para entender como ler padrões de candlesticks. A primeira refere-se à parte grossa do candlestick, conhecida como “corpo”. Ela mostra aos investidores se o preço de fechamento do período observado foi menor ou maior que o preço de abertura. A segunda coisa a ser observada, é a sombra do candlestick, que ajuda a rastrear os preços alto e baixo do dia, e compará-los com os preços de abertura e fechamento. É assim que deve-se ler os padrões de candlestick em um gráfico:

Corpo

Se o corpo do padrão de candlestick for  vermelho, a ação fechou abaixo do preço de abertura (em baixa). Por outro lado, se o corpo for verde, então a ação fechou em um nível superior ao preço de abertura (em alta).

corpo candlesticks

No exemplo acima, os candlesticks são apresentados em cinza e vermelho. Contudo, dependendo da preferência do trader, os candlesticks também podem ser pintados de preto ou branco. Candlesticks de alta são mostrados na cor branca (ou vazios por dentro), enquanto os padrões de candlesticks de baixa são vistos em preto (ou preenchidos).

Sombras do candlestick (superior e inferior)

Padrões de candlestick geralmente tem formas variadas. Alguns têm sombra inferior maior e superior menor, enquanto outros têm sombra superior maior e inferior menor. Também existem candlesticks com sombras bem parecidas em ambos os lados. A aparência de um padrão de candlestick depende da relação entre seus preços alto, baixo, de abertura e de fechamento.

Por exemplo, se a sombra superior do candlestick for pequena, então o preço de abertura foi próximo do preço alto do dia. Se este cenário for observado em um dia de alta, então o preço de fechamento para o período determinado foi próximo do preço alto e vice-versa.

Ao analisar os padrões de candlesticks, deve-se observá-los no contexto de todo o mercado, e não individualmente.

Padrões de candlestick de alta

Padrões de Candlestick de Alta são formações que marcam a presença de um momentum do mercado dominado pelos compradores. Existem dezenas de padrões de candlestick de alta diferentes. Contudo, nem todos são igualmente populares.

Para delimitar o campo, vamos focar nos cinco padrões de candlesticks de alta mais amplamente difundidos e entender como identificá-los em um gráfico, bem como a melhor maneira de operá-los.

Estrela da Manhã

A Estrela da Manhã é um popular padrão de candlestick de reversão de alta, construído por três candlesticks separados. O primeiro, é um candlestick de corpo longo, preto ou vermelho, seguido por um candlestick de corpo curto (também conhecida como Doji). O padrão é fechado por um longo candlestick branco ou verde. A cor do corpo do candlestick Doji pode ser branca, verde, preta ou vermelha. Porém, seu corpo não se sobrepõe ao corpo do candlestick anterior.

Os traders adoram este padrão, pois ele é um sinal de esperança em mercados sombrios. O padrão Estrela da Manhã indica que a pressão de venda está diminuindo. O último candlestick  no padrão revela o interesse renovado na compra, e geralmente define o início de uma tendência de reversão de alta. Para ter uma confirmação melhor sobre isso, certifique-se de observar o volume da operação (ele deve ser maior).

Candlestick Estrela da Manhã

Engolfo de Alta

As formações do Padrão de Candlesticks Engolfo de Alta indicam que o interesse de compra num ativo em particular superou o interesse de venda. Este padrão de reversão é formado por dois candlesticks. O primeiro é de baixa, enquanto o segundo é de alta. O candlestick de alta (branco/verde) cobre completamente o candlestick de baixa (preto/ vermelho). O nome do padrão deve-se à ideia de que o segundo candlestick está “engolindo” inteiramente o corpo do primeiro.

Para ter certeza que você está realmente vendo um padrão de engolfo de alta, foque no candlestick do segundo dia. Seu preço de abertura deve ser menor que o preço baixo do dia anterior, mas devido à pressão de alta, ele marca um preço alto maior.

Padrões de engolfo de alta podem ser vistos em movimentos de tendência de baixa do mercado. Eles geralmente indicam que o mercado está forte o suficiente para elevar o preço do ativo. Você pode abrir uma posição de compra quando o preço do ativo for superior ao preço alto do segundo candlestick (ou quando houver uma confirmação da reversão da tendência de baixa).

candlestick engolfo de alta

Padrões de Martelo e Martelo Invertido

O Martelo é basicamente um padrão de um único candlestick  encontrado no fim de um movimento de tendência de baixa. Esse padrão de reversão de alta indica que o instrumento observado logo adotará um movimento ascendente, sob uma tendência de alta no mercado. É fácil reconhecer o formato do candlestick, semelhante a um martelo, entre outros padrões, pois ele possui uma sombra inferior longa (geralmente a sombra inferior deve ter pelo menos o dobro do comprimento do corpo). Isso indica que os preços estão diminuindo durante aquele dia específico de operações. Contudo, quando um padrão martelo está presente, os preços baixos são seguidos por uma pressão de compra significativa, que leva a preços de fechamento mais altos.

Por isso, traders que abrem posições apenas observando padrões de martelo geralmente se decepcionam. É crucial confirmar o padrão com um aumento no volume de operações. Abra posições de compra somente quando ele estiver presente e depois de observar o mercado por alguns dias após notar o padrão de martelo, para validar que uma tendência de alta está realmente se formando (assim como no exemplo abaixo, onde já se passaram dois dias da formação do padrão de martelo).

candlestick martelo

O Padrão Martelo também possui uma versão invertida, que também se forma em uma tendência de baixa e marca o suporte do preço ou uma tendência de reversão em potencial. A principal diferença entre os dois candlesticks está no fato de o Martelo Invertido ter uma sombra superior maior. Ela marca o aumento da pressão de compra após o preço de abertura, imediatamente seguida da pressão de venda, que, no entanto, não foi suficiente para diminuir o preço abaixo do seu valor de abertura.

Semelhante ao indicador Martelo tradicional, aqui também é importante aguardar a confirmação da tendência de alta antes de abrir uma posição de compra.

martelo invertido candlestick

Harami de Alta

O Harami de Alta é um padrão de tendência de reversão que acontece quando o mercado está em queda. Pode ser observado quando um candlestick branco ou verde de corpo pequeno aparece após uma série de candlesticks de baixa pretos ou vermelhos. Além disso, o padrão harami de alta deve caber dentro do corpo do candlestick  do dia anterior.

Se isso for observado no gráfico, deve-se entender que a tendência está perdendo seu ritmo. Contudo, não entre no mercado de imediato. Aguarde para ver se o candlestick do harami será seguido por outro dia de alta. Se for o caso, espera-se que outros dias de baixa estejam a caminho.

Este indicador é chamado assim porque “harami” em japonês significa “grávida”. Segundo especialistas, a combinação de um candlestick de baixa de corpo longo e um candlestick de alta de corpo curto, assemelha-se a uma mulher grávida. Embora isso exija um pouco de imaginação, o exemplo abaixo demonstra a lógica por trás do nome deste padrão de candlestick de baixa.

harami de alta

Bebê Abandonado

Este é outro padrão de reversão de alta que ocorre nos pontos mais baixos de uma tendência de baixa. É amplamente popular e considerado por muitos traders técnicos como um indicador consideravelmente preciso, que pode ser usado até mesmo sozinho. O indicador do Bebê Abandonado consiste em três candlesticks: dois de corpo grande (um de baixa e outro de alta) e um de corpo pequeno comprimido entre eles (que é o “bebê abandonado”).

Para ter certeza de que você está, de fato, vendo um padrão de bebê abandonado, certifique-se de procurar por uma série de candlesticks de baixa (preto ou vermelho), marcando continuamente os preços baixos. O bebê, que é um candlestick Doji, aparece logo após eles, devido à falta de interesse em venda. Ele é seguido por um candlestick de alta (branco / verde) que marca a reversão da tendência e o potencial de preços mais altos nas próximas sessões de trading. O padrão Doji geralmente fica bem distante dos “seus pais”, os candlesticks de baixa e de alta ao redor.

De acordo com alguns traders e especialistas, incluindo Thomas N. Bulkowski em seu livro “Encyclopedia of Candlestick Charts” (Enciclopédia dos Gráficos de Candlestick), pode-se confiar no padrão de candlestick do bebê abandonado para prever de forma precisa os próximos preços altos em 70% dos casos.

bebê abandonado candlestick

“Na realidade, não é possível operar todos os padrões que existem no mercado, pois haveria muitos deles”

Llewelyn James, em “The Honest Guide to Candlestick Patterns: Specific Trading Strategies” (O Guia Sincero de Padrões de Candlestick: Estratégias Específicas de Trading). Contra-prova para Resultados Comprovados

Padrões de candlestick de baixa

Bearish candlestick patterns indicate when the market is dominated by participants with selling sentiments. Os traders técnicos dependem do universo de padrões de candlestick de baixa. O objetivo deste guia, no entanto, não é abordar todos eles, mas focar nos mais populares, usados com mais frequência por traders iniciantes e profissionais. Se você deseja saber mais sobre os padrões de candlestick mais populares, consulte alguns dos principais livros sobre o assunto, como “Candlestick Charting Explained” (Gráfico de Candlesticks Explicado), de Gregory L. Morris.

Agora, vamos focar nos cinco principais e mais populares padrões de candlestick de baixa , e descobrir como identificá-los em um gráfico:

Estrela da Tarde

A Estrela da Tarde é um padrão de reversão que indica quando uma tendência de baixa está prestes a acontecer. Geralmente, ele consiste em três candlesticks diferentes – um grande candlestick de alta (verde / branco), seguido por um candlestick de alta de corpo pequeno, e um candlestick de baixa maior (vermelho/preto).

O candlestick de corpo pequeno no meio, indica o momento em que o interesse dos compradores está começando a se desgastar, e quando uma baixa está prestes a acontecer. O terceiro candlestick no padrão geralmente abre a preços menores do que os do dia anterior, e fecha em níveis próximos aos do meio do primeiro dia.

O padrão de candlesticks Estrela da Tarde marca o topo de uma tendência de alta e a desaceleração do interesse dos compradores. Uma vez concluído este padrão, os traders podem abrir posições de venda. O interessante sobre o padrão Estrela da Tarde, é que ele é relativamente raro. Contudo, quando ele ocorre, os traders são frequentemente incentivados a agir, pois ele é um indicador altamente confiável e poderoso de futuras quedas nos preços.

O padrão Estrela da Tarde é o oposto do padrão de candlesticks Estrela da Manhã, que já abordamos.

padrão de candlestick estrela da tarde

Estrela Cadente

Este indicador de baixa tem uma sombra superior longa, e não possui, ou quase não possui, sombra inferior. Seu corpo também é pequeno e geralmente aparece próximo ao preço baixo do dia. O padrão Estrela Cadente segue as tendências de alta do mercado e marca seus topos, o que geralmente também é um sinal de um reversão de baixa.

Um sinal importante a ser observado, é a distância entre o preço de abertura e o preço alto do dia. Ela deve ter pelo menos o dobro do tamanho do candlestick Estrela Cadente. Além disso, o preço mais baixo e o preço de fechamento do dia devem ter pouca ou nenhuma distância entre si.

Ao operar o candelabro Estrela Cadente, os traders geralmente aguardam uma confirmação no dia seguinte. Se o candlestick marcar uma queda no preço, os traders abrem posições de venda. Isso é importante porque, muitas vezes, o padrão Estrela Cadente pode se revelar um falso indicativo, ou enfrentar uma resistência que não consegue quebrar.

padrão de candlestick estrela cadente

Nuvem Negra

O padrão Dark Cloud é outro padrão de candlesticks de reversão de baixa. Ele ocorre quando o preço de abertura de um candlestick de alta (preto/ vermelho) é mais alto que o preço de fechamento do candlestick de alta (branca / verde) do dia anterior. O candlestick de baixa também deve fechar abaixo da metade do candlestick de alta.

Para que um padrão dark cloud seja confirmado, é essencial que a sequência de um candlestick de alta e de baixa (ambas de tamanho relativamente grande) seja fechada por outro candlestick de baixa no terceiro dia. É fundamental que os traders só assumam posições quando o padrão for confirmado pelo terceiro candlestick. Do contrário, pode ser um falso indicativo.

Vale notar ainda, que os padrões de candlestick Dark Cloud também ocorrem em candlesticks de tamanho pequeno, mas, neste caso, sua força como indicador é muito menor, e é melhor operar somente após tendências sólidas de alta no mercado.

O Dark Cloud é considerado um padrão altamente confiável e muito importante, que indica com precisão a mudança na direção do mercado. Contudo, é importante operá-lo somente se todas as condições mencionadas acima estiverem presentes.

candlestick nuvem negra

Harami de Baixa em Cruz

O Harami de Baixa em Cruz é um padrão de reversão que ocorre durante movimentos positivos do mercado. Uma série gradual de candlesticks de alta é seguida por um candlestick Doji. O candlestick  Doji indica que os preços de abertura e fechamento para aquela sessão de trading específica são basicamente os mesmos, assim como a indecisão na mente dos compradores. O padrão Doji se forma dentro dos níveis do corpo do candlestick anterior.

Semelhante ao padrão Harami, a Cruz de Harami também indica que a tendência está perdendo momentum. Antes de fazer qualquer movimento, é essencial aguardar a confirmação de uma vela de baixa no dia seguinte, após o Doji aparecer no gráfico.

Geralmente, os traders não tem pressa em agir quando identificam a formação da Cruz de Harami, a menos que o preço continue em queda nas próximas sessões de tradings. Tenha em mente que, muitas vezes, o preço pode entrar em pausa por um tempo após o candlestick Doji.

Aqueles que operam o padrão Harami de Cruz de Baixa, costumam observar o local em que ele ocorre. Se a formação aparecer perto de um nível de forte resistência, então  a força do padrão é alta. Outros também consideram se o RSI está se movendo mais abaixo do campo sobrecomprado para confirmar que um movimento de baixa está ocorrendo de fato.

Uma parte dos participantes do mercado considera o uso do padrão simplesmente um alerta de que uma reversão de tendência está prestes a acontecer.

harami de baixa em cruz

Falling Three

A formação do padrão Falling Three é um padrão de continuação de baixa que indica interrupção, mas não reversão da tendência atual.

Marca o seu início com um forte candlestick de baixa (vermelho/preto). É seguido por três candlesticks de alta de corpo pequeno (geralmente, este não é o caso, embora o segundo candlestick precise ser 100% de alta), que permanecem todos dentro do intervalo do primeiro candlestick de baixa (não é alcançado nenhum novo preço baixo). Estes três candlesticks  marcam um período de consolidação. Para que a formação do padrão Falling Three seja concluída, as três sessões de corpo pequeno devem ser seguidas por outro forte candlestick de baixa, que se fecha em um nível mais baixo de preço.

O padrão Falling Three ajuda os traders a reconhecer períodos em que os participantes de alta do mercado permanecem fracos e incapazes de reverter a tendência.

Este padrão só deve ser operado quando o quinto dia fechar em um movimento decrescente. Caso contrário, você corre o risco de entrar em uma operação após um falso indicativo. Se você é um trader mais conservador, deve esperar por outra confirmação, como a média móvel de 10 dias se aproximar do preço alto do candlestick do quinto dia. Além disso, certifique-se de que a formação dos candlesticks não está próxima de um nível de suporte importante (uma grande linha de tendência).

falling three

A maioria dos padrões mencionados acima apresenta variações de alta e de baixa.

Padrões de candlestick de reversão

Embora a maioria das formações de baixa e de alta que abordamos sejam de reversão, vamos expandir nossos horizontes, focando em três padrões de candlestick de reversão mais avançados, que são usados por traders técnicos profissionais e experientes.

Reversão de Gancho

Este padrão de reversão de curto a médio prazo pode ser tanto de alta quanto de baixa. Nos dois tipos, ele marca um preço alto mais baixo e um preço baixo mais alto que o candlestick anterior.

No exemplo abaixo, vemos um padrão de reversão de gancho de baixa. Ele começa durante uma tendência de alta que é seguida por dois candlesticks de baixa consecutivos. O preço baixo do último dia de alta é marcado tanto pelo primeiro quanto pelo segundo candlestick de baixa. Traders geralmente agem no segundo dia do movimento de tendência de baixa, iniciando uma operação de venda.

reversão de baixa

Entende-se, assim, que o caso do padrão de reversão de gancho de alta é o completo oposto. O primeiro ou segundo candlestick de alta supera o preço alto do último candlestick de baixa. Os traders geralmente agem no segundo dia com movimento positivo do preço, operando uma posição de compra.

Este padrão é usado principalmente por traders profissionais, pois apresenta um risco considerável de perdas. Os traders devem estar cientes de seus pontos de saída antes de entrar em uma operação. Ao operar o padrão hook de reversão de baixa, eles geralmente definem seu stop-loss acima do preço alto recente. Para o padrão de alta, o stop-loss é colocado abaixo do preço baixo recente.

Lembre-se que as reversões aqui são muito acentuadas, portanto, qualquer outro cenário significa que o padrão está perdendo força, e você deve fechar sua posição imediatamente. Quando o preço desacelerar ou começar a se mover na direção errada, certifique-se de encerrar a operação.

Reversão de Chute

Como um dos padrões de candlestick mais confiáveis, a formação de chute é utilizada por todos os traders técnicos atuais para encontrar mudanças bruscas na direção da tendência. O movimento de reversão acontece em apenas dois candlesticks.

O padrão de reversão de chute pode ser de alta ou de baixa. No exemplo abaixo, estamos olhando para um cenário de alta. A formação inicia após o último candlestick de baixa, quando ocorre um enorme candlestick de alta. Como você pode ver, a mudança de direção é significativa, e o movimento de alta inicia com bastante força. O segundo candlestick de alta serve como uma confirmação sobre a reversão positiva da tendência.

chute de alta candlestick

Operar este indicador é bastante arriscado devido às mudanças consideráveis e repentinas na direção da tendência. No entanto, isso também é parte das razões pelas quais o padrão é tão confiável e eficiente. Os traders técnicos que o dominam, geralmente fazem seus movimentos perto do preço de fechamento do primeiro candlestick de alta (chute de alta) ou da abertura do candlestick de confirmação (o segundo chute de alta).

Os stop-loss são geralmente colocados logo abaixo do preço baixo do primeiro candlestick de alta.

O padrão de chute provou fornecer indicativos mais precisos quando ocorre próximo a mercados sobrecomprados ou sobrevendidos. Embora esteja entre os padrões de candlesticks mais fortes, tenha em mente que o padrão de chute é bastante raro.

Ilha de Reversão

Outro padrão de reversão muito forte é o padrão de formação de Ilha. Ele indica mudanças de curto prazo na direção da tendência, identificadas por um gap que se forma entre o principal candlestick de reversão, que é comprimido entre outros dois.

No exemplo abaixo, você pode ver um padrão ilha de reversão de baixa. Após uma série de dias de alta, acontece uma reversão, geralmente na forma de um Doji. No entanto, ele permanece um pouco distante, muito parecido com uma ilha. Os candlesticks de baixa seguintes também distanciam-se dos candlesticks de reversão pelo mesmo gap. O gap em si, representa a indecisão entre os traders e a falta de força dominante clara.

ilha de reversão de baixa candlestick

Ao operar o padrão de reversão de ilha de baixa, traders profissionais geralmente abrem operações de venda logo após o gap, e avançam na direção oposta. Os traders de alta abrem operações de compra após o gap e, mais uma vez, avançam na direção oposta.

Aqui, o tópico-chave é quando sair do mercado. Certifique-se de observar a maneira como o preço se move quando estiver em um gap. Se ele começar a perder momentum ou deixar o gap, mas depois retornar para ele, feche suas posições imediatamente. Os traders costumam posicionar seu stop-loss dentro do gap ou próximo ao candlestick Doji (a ilha).

Conclusão

Com séculos de existência, os padrões de candlesticks provaram ser um dos indicadores mais eficientes para prever a direção da tendência de preço de um determinado ativo líquido. Aplicado em quase todos os mercados, os padrões de candlestick são uma das ferramentas preferidas de todos os tipos de traders – de iniciantes a profissionais.

Neste guia, mostramos alguns dos padrões de gráficos de candlestick mais populares, básicos e avançados. Se você está começando no mercado financeiro, certifique-se de explorar mais o vasto universo de padrões de candlesticks, a fim de criar o cenário para uma estratégia de trading com melhor desempenho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Retração de Fibonacci – O que é e como usar

Conta de Trading Financiada – Como se tornar um trader financiado

Média Móvel Exponencial – Estratégias e dicas da MME