Earn2Trade Blog
Por que a maioria dos Day Traders fracassa

Por que a maioria dos Day Traders fracassa? Descubra o maiores erros dos iniciantes

Os mercados financeiros são altamente competitivos e, em geral, funcionam como um jogo de soma zero. Isso não é bem uma surpresa, mas por que day traders fracassam? Para muitos day traders, o problema está na transição do trading simulado para o trading real. Esta é a parte mais difícil de se ajustar.

Seguir um plano de trading testado e comprovado é mais fácil quando você opera com dinheiro virtual. Ao lidar com dinheiro de verdade, o medo e a ganância podem tomar o controle. A única diferença entre o trading simulado e o trading real é a necessidade de ter sucesso. Neste artigo, vamos ajudá-lo a evitar alguns dos erros mais comuns cometidos por traders iniciantes. A maioria dessas práticas pode ser enfrentada logo no início.

blog ad pt e2t

Qual é a taxa de sucesso no day trade?

É muito comum ver day traders se gabarem de suas operações bem-sucedidas. No entanto, muitos deles acabam escondendo suas perdas. Portanto, é difícil determinar a verdadeira taxa de sucesso no day trade. Alguns especialistas de mercado acreditam que essa taxa pode ser de apenas 10%, enquanto outros sugerem que chega a 30%. Embora não tenhamos certeza, podemos admitir que o valor final está dentro desse intervalo.

No entanto, há uma coisa que sabemos com certeza: muitos day traders têm dificuldade de seguir seus planos de trading ao operar com dinheiro real. Eles deixam de gerenciar o risco com a cabeça, sendo guiados pelas emoções e pelo instinto. E como resolvemos isso? 

Para ter sucesso, você precisa definir sua estratégia de investimento. Mantenha seu stop loss e saiba o momento de garantir o lucro. Resumindo, deixe seus ganhos seguirem e limite suas perdas. Isso o ajudará a manter sua disciplina. Só porque os outros day traders agem como ovelhas, não significa que você também deva fazer o mesmo. Faça sua própria pesquisa e, se a operação atender aos seus critérios, vá em frente; caso contrário, parta para a próxima. Em teoria, parece simples.

A chave para o sucesso no day trade é a disciplina. Mantenha sua estratégia e, se atingir seus limites, lide com isso. Incerteza, confusão, medo e ganância são os piores inimigos dos day traders.

Você também pode gostar:

Por que day traders fracassam?

Embora muitas pessoas busquem uma solução padrão para melhorar seu desempenho no day trade, não há uma solução simples. Na verdade, é uma mistura de erros que devem ser resolvidos separadamente. Muitas vezes, isso se deve à falta de foco e a um enorme desejo de provar que o mercado está errado. Embora muitos traders saibam o que querem fazer, o impulso final ainda requer um pouco mais de confiança. Nos próximos tópicos, abordaremos alguns dos principais fatores que levam os day traders ao fracasso. Lembre-se de que todos esses erros podem ser evitados, principalmente se você seguir sua estratégia. No entanto, antes de prosseguirmos, vamos aprender um pouco com alguns dos traders mais famosos do mundo.

Um exemplo é George Soros, o homem que quebrou o Banco da Inglaterra e obteve um lucro de um bilhão de dólares. Outro é o infame Gordon Gecko, o personagem implacável do filme Wall Street. Eles são conhecidos por ganhar a vida com operações bem-sucedidas, mas e as suas perdas? É impossível ter lucro em toda operação. Os mercados se movem, notícias inesperadas surgem, e ninguém consegue monitorar os preços 24 horas por dia, sete dias por semana. Portanto, é impossível tomar a decisão certa todas as vezes. No entanto, se você for capaz de limitar suas perdas e deixar seus ganhos seguirem, você verá uma grande diferença no seu desempenho. Seu retorno geral tende a aumentar.

O que parece muito alto e arriscado para a maioria geralmente sobe ainda mais, e o que parece baixo e barato geralmente cai ainda mais.”

William O’Neil

No mercado, prevalecem os traders mais tranquilos. Trabalhe em sua análise em vez de apenas esperar pelo melhor e, consequentemente, você terá mais ganhos do que perdas em suas operações. Esta deve ser a base das suas operações.

Sem os dias ruins, não é possível aproveitar os dias bons, aprender com os erros, ter confiança em você mesmo e seguir em frente.

Não usar ordens stop loss

Em teoria, todo trader iniciante deve ter uma estratégia de stop loss em mente – este é um dos melhores meios de proteger seus lucros e limitar suas perdas. Por que tantos traders, ao passarem do backtest e partirem para o trading real, parecem ter dificuldades em usar o stop loss? O motivo é simples: não parece natural vender um contrato futuro ou uma ação em queda, principalmente se você estiver protegendo seu lucro depois de aumentar o limite do stop loss. A decisão final de venda, enquanto você luta contra o pensamento de que poderia ter um lucro ainda maior se vendesse a um preço mais alto, não causa uma sensação boa. Parece errado, e muitos traders cedem à pressão, mesmo quando sabem que deveriam esperar um pouco mais.

Exemplo

Imagine o seguinte: você acertou a direção do movimento do E-mini S&P 500 e está tendo um lucro razoável. Na sua cabeça, você já está pensando em como vai gastar esse dinheiro. “O que posso comprar a seguir? Como devo gastar o lucro obtido? Devo me dar algo de presente?” Esse tipo de pensamento é um erro. Até que você venda seu investimento e realize seu lucro, os ganhos estão apenas no papel. De repente, o mercado começa a oscilar. O preço dos futuros do E-mini S&P 500 está caindo e você está aos poucos se aproximando do ponto de equilíbrio. Você começa a pensar que acertou a direção do mercado uma vez, então vai acertar novamente. Aguente firme, pois o mercado dá voltas…

Conforme o preço do contrato cai, você passa do lucro ao ponto de equilíbrio e, em seguida, começa a ter prejuízo. Nessa hora você pensa que poderia vendido quando o preço estava mais alto. Talvez você sinta que é errado vender o contrato com prejuízo. Você ainda pode esperar por uma recuperação do mercado. Quando o preço do contrato ultrapassa seu limite de perda, você se sente perdido. Você não sabe para que lado seguir ou o que fazer. Lentamente, a pressão começa a aumentar. As chamadas de margem chegam e você fica ainda mais nervoso. Esse cenário é familiar para muitos traders.

Como evitar esse problema

A chave para os limites de stop loss é realmente usá-los. Basta posicionar seu limite sem pensar duas vezes. Assim que o limite for atingido, essa operação será encerrada, e você estará pronto para a próxima. Quem aumenta o limite do stop loss conforme o preço do contrato segue na direção esperada, na pior das hipóteses ainda terá algum lucro; na melhor das hipóteses, o trader verá que o valor de seus contratos continuará se movendo na direção certa. Sim, quando o mercado virar e seu contrato futuro acompanhar o movimento, você venderá durante a queda. Você terá menos lucro, mas garantirá seus ganhos e viverá para operar outro dia. 

Ao aumentar o limite de stop loss, seja para proteger seus lucros ou para evitar perdas, se o preço dos seus futuros atingir esse limite, aperte o botão de venda – aperte com força e não pense duas vezes.

Não gerenciar bem o risco

A questão do risco é que, sem ele, como teríamos algum retorno? A relação entre risco e retorno é o que move os traders. É isso que dita os lucros e as perdas e permite que os traders desafiem o mercado. Se não houvesse risco na compra de ações ou contratos futuros, também não haveria vantagens. Isso porque, em tese, todas as notícias e expectativas futuras já fariam parte do preço da ação.

Portanto, antes de adquirir ações, fundos mútuos ou o popular E-mini S&P 500, você deve avaliar o risco e gerenciá-lo. Quanto risco você está disposto a correr? As vantagens valem o risco potencial das desvantagens? Você recuaria na primeira oscilação para cima ou para baixo e perderia a calma? Ao eliminar todo o ruído relacionado aos investimentos, tudo se resume a uma fórmula simples: a relação entre risco e retorno. Se você não for capaz de lidar com o risco, então não terá qualquer tipo de retorno.

Todos os investimentos trazem riscos. Sem risco, não há retorno. Equilibre a relação entre risco e retorno e descubra se é hora de investir. Para ter sucesso, você deve aprender a gerenciar o risco, aceitá-lo e usá-lo a seu favor.

Não ter um plano de trading

Investir em futuros, ações ou ETFs sem um plano de trading é como entrar no carro, pegar a estrada e simplesmente dirigir sem rumo. Aonde você vai? Como você saberá que chegou lá? O que você espera? 

Há uma grande variedade de estratégias para desenvolver seu plano de trading, incluindo médias móveis, limites de stop loss, retração de Fibonacci e técnicas de Price Action, apenas para citar apenas algumas. Cada uma dessas estratégias oferece uma abordagem quanto ao risco e uma relação entre risco e retorno diferentes, dando a visão, o foco, a direção e o destino que você precisa. O resumo desses fatores é o que constituirá a maior parte do seu plano de trading. Você pode usar um stop loss, que pode ser ajustado para cima conforme o preço do ativo operado subir. Para ter sucesso como day trader, você deve considerar seu limite de stop loss como uma apólice de seguro. Quando esse nível for atingido, venda na hora – não pense mais nisso. Não tente adivinhar o mercado, apenas venda. A estratégia permitirá que você proteja seus lucros durante uma alta e também reduza suas perdas durante uma queda.

Um trader sem um plano de trading é como um motorista sem uma rota. Como você vai chegar ao seu destino?

Overtrading (operar em excesso)

Antes de analisarmos os perigos do overtrading, há uma ideia que você deve sempre lembrar: deixe suas operações lucrativas seguirem e limite suas operações perdidas. Um relatório dos especialistas financeiros Brad Barber e Terrance Odean destaca um ponto interessante quanto aos ganhos publicados por day traders mais ou menos ativos. O relatório mostrou que, em média, o desempenho anual dos traders mais ativos ficou 7% abaixo do desempenho dos menos ativos. O que explica essa diferença no desempenho? Overtrading – ou operar em excesso.

A chave para o sucesso no trading é a disciplina emocional. Se a inteligência fosse a chave, haveria muito mais pessoas ganhando dinheiro operando… Eu sei que parece clichê, mas a razão mais importante pela qual as pessoas perdem dinheiro nos mercados financeiros é que elas não limitam suas perdas.

Victor Sperandeo

Os custos das operações, juntamente com a diferença entre compra e venda – o spread – de muitos investimentos, podem ter um sério impacto negativo nos seus rendimentos. Você acredita que, de acordo com o mesmo relatório, as perdas dos investidores em Taiwan foram equivalentes a 2,2% do produto interno bruto do país em 2016? Na maioria das vezes, a culpa é do overtrading.

Para resolver essa questão, lembre-se de uma coisa: você nunca será julgado pelo número de operações realizadas por dia, mês ou ano. Em vez disso, você será avaliado pela sua capacidade de fazer com que suas operações sejam lucrativas. O overtrading pode ser resolvido facilmente: concentre-se em seus investimentos, seja cauteloso, mas não venda muito cedo. Você pode fazer dezenas de pequenas operações lucrativas ao longo do dia, mas apenas uma operação ruim pode acabar com todos elas.

Limite suas perdas, deixe suas operações lucrativas seguirem e evite operar em excesso. Você não julgará seus próprios resultados com base no número de operações executadas. Sua avaliação se baseará no lucro obtido.

Cedendo ao FOMO

O bom e velho “medo de ficar de fora” (FOMO, na sigla em inglês) é um padrão comprovado de emoções humanas – é uma combinação de medo e ganância. Vemos todos os dias uma divisão nas previsões dos investidores para mercados como o E-mini S&P 500. Às vezes os traders pessimistas simplesmente não conseguem ver por que o índice continua se valorizando. Isso não faz sentido para eles, logo eles mantêm sua posição. Aos poucos a alta do mercado começa a corroer sua confiança – eles estão perdendo uma oportunidade, o momentum é muito forte, então finalmente cedem. Mas a entrada foi um erro, o mercado estava subvalorizado, e agora eles começam a entrar em pânico.

Quando o último dos traders pessimistas é atraído para o lado da alta, isso pode ser um sinal de que o topo do mercado está próximo. Quem abriu posições logo no início começa a realizar seu lucro, o momentum começa a estagnar e o índice passa a oscilar. Nós vemos esse padrão todos os dias. Os investidores relutantes em seguir o mercado, céticos quanto ao momentum, acabam cedendo ao FOMO.

O que causa o FOMO?

Ao assumir uma posição, seja ela certa ou errada, você deve se basear na sua estratégia de investimento. O mercado estava em sobrecompra e oferecendo pouco valor – em momentos como este, lembre-se de que você não precisa estar no mercado o tempo todo. Quanto mais esperar, maior será o preço que pagará por seus contratos futuros. Quando estava 100 pontos a menos, você pode ter pensado que estava caro, mas de repente o valor atual começa a parecer interessante, mesmo que esteja significativamente mais alto. Alguns chamam esse fenômeno de comportamento de manada.

O medo e a ganância são os sentimentos que conduzem os mercados. Eles podem confundir os investidores e fazer com que as pessoas comecem a duvidar de si mesmas. No entanto, não entre em posições nas quais você não esteja confortável. Não siga a multidão por si só, pois quanto mais sobrecomprado um índice ou ação estiver, mais significativa será a recuperação do mercado quando os traders começarem a realizar seus lucros. É como um elástico sendo esticado – quanto maior a tensão, maior será a força de reação. Não se deixe levar!

O medo de ficar de fora pode ser mais forte que a lógica, atraindo o trader ao mercado conforme os preços se movem na direção errada. Não entre no topo do mercado!

Operar uma conta real antes de testar sua estratégia

Você já ouviu a expressão “não corra antes de aprender a andar”? Bem, esta é a descrição perfeita para quem investe dinheiro real antes de concluir os testes da estratégia. Aja sem pressa para não se arrepender. 

Ao fazer o backtest, você notará que os mesmos padrões técnicos se repetem o tempo todo. Aprender a interpretá-los, entender os mercados e tomar uma decisão bem fundamentada são os fatores que tornam um day trader lucrativo. Como um famoso day trader disse uma vez, demorar um pouco para executar suas operações permite que o mercado tenha tempo de acompanhar seu raciocínio.

Ao observar o comportamento de personagens como Gordon Gecko e Bud Fox, este era o modelo de day trader dos anos 1980. Eles tiravam proveito do caos dos mercados, praticavam insider trading e acumulavam lucros absurdos. Isso levou ao surgimento de uma nova onda de day traders. Se você acha que o backtest e o forward testing são métodos de “aprendizagem” para day traders de sucesso, então você está no caminho certo. Há um limite para o backtest? Há um limite de informações que podemos absorver?

A história tende a se repetir. Estude as tendências, estude os sinais e não opere uma conta real antes da hora.

Não fazer o forward testing depois do backtest

Você fez o backtest, entendeu as tendências, o que conduz os mercados e os principais sinais a serem observados. Isso não é o bastante? Quem passa pelo backtest e pelo forward testing – também chamado de paper trading ou trading simulado – é capaz de testar suas operações em tempo real. Obviamente, ao testar suas estratégias, nenhuma operação real é executada. As operações simuladas mostram quando você comprou, quando vendeu e o que poderia mudar. É preciso aprender com seus erros antes de abandonar o dinheiro virtual.

Se fosse possível investir em retrospectiva, todos nós seríamos milionários. Se os resultados das operações fossem baseados em testes de QI, apenas os mais inteligentes ganhariam dinheiro – mas não é assim. É preciso ter confiança, uma mente analítica e capacidade de tomar decisões relativamente rápidas em mercados acelerados. Teste, teste e teste novamente. Em seguida, repense e teste mais uma vez. 

A experiência mais parecida com o trading real é o forward testing. Prepare seu psicológico e tente sentir a pressão da tomada de decisão nas suas operações. Não é algo fácil – você precisa entrar no clima, mas esta é uma experiência fundamental. Você sentirá seu coração batendo forte, uma descarga de adrenalina e uma sensação de que poderia encarar qualquer desafio. Aproveite essa motivação, determinação e direcionamento, mas pratique o pensamento analítico, aplique suas estratégias de trading e desenvolva uma disciplina ao operar.

A ideia de operar em cenários do passado é interessante e muito útil, mas o forward testing coloca você no controle em tempo real. Tome cuidado ao longo do caminho!

Operar com muito capital, mas sem resultados suficientes

Ao lermos as notícias financeiras, temos a impressão de que todo day trader está ganhando rios de dinheiro. Para quem está de fora, parece dinheiro fácil – logo, você precisa investir seu capital o mais rápido possível. Há uma linha tênue entre diversificar e se arriscar demais. Sim, você deve arriscar capital suficiente para ter algum lucro, mas também deve ter uma reserva suficiente para continuar operando. Pode ser muito tentador abandonar os testes e as estratégias de investimento hipotéticas para entrar com tudo no mercado.

É extremamente perigoso operar com muito capital sem resultados suficientes que sirvam de suporte. Os resultados obtidos no paper trading, tanto os ganhos quanto as perdas, farão de você um trader mais experiente. Eles o ajudarão a ter disciplina e a simular a sensação de ter lucro e prejuízo. Ao operar com capital reduzido – seja em uma conta real ou simulada –, você precisa sentir a dor de uma perda para entender por que é importante limitar suas perdas e deixar seus ganhos seguirem. Vá devagar, sinta o mercado e veja como é arriscar dinheiro real.

Ao analisar qualquer estratégia de investimento, você deve ter uma noção de risco, um noção de equilíbrio e um certo grau de certeza de que, se tudo der errado, ainda terá algum capital no fim do dia. Entrar de uma vez no mercado é um tiro no escuro, e pode ser difícil se recuperar nessa situação.

Sinta os mercados, aceite o risco, busque o lucro, mas nunca coloque todos os ovos na mesma cesta. Você não pode apostar tudo em uma única operação e simplesmente torcer para ter lucro.

Acumulando dados em diferentes estilos de mercado

Os corretores precisam conhecer seus clientes, e os day traders precisam conhecer seus mercados. Encontrar o nicho certo para suas habilidades, sua estratégia e seus objetivos de longo prazo levará algum tempo, mas é uma tarefa fundamental. Os day traders precisam de mercados líquidos, voláteis e com volumes diários significativos; afinal, a última coisa que você quer é ficar preso em um contrato que mudou de direção. Você precisa saber se está tendo lucro ou prejuízo, se há liquidez e se o mercado pode acomodar grandes operações – mesmo em cenários de extrema volatilidade. 

Vimos muitas inovações ao longo dos anos, mas a introdução dos minicontratos futuros E-mini S&P 500 mudou tudo. O valor do E-mini S&P 500 equivale a 20% do valor do contrato futuro padrão do S&P 500. Embora fosse inicialmente voltado para investidores privados, a introdução desses minicontratos atraiu negócios do mercado de futuros S&P 500 original e criou o mercado de futuros mais popular do mundo. Esse mercado funciona cinco dias por semana e 23,5 horas por dia – os day traders têm o fim de semana de folga por bom comportamento!

Por que day traders fracassam? É simples: muitos deles deixam de fazer suas pesquisas em diferentes mercados e, consequentemente, não conseguem avaliar as mudanças nas tendências.

Como evitar o fracasso e se tornar um day trader de sucesso

As dicas acima colocarão você no caminho para se tornar um day trader de sucesso – mesmo assim, nunca pare de aprender e se desafiar. Falando em desafios, você já conhece o nosso Gauntlet Mini™?

O Gauntlet Mini™ é um desafio fundamental para traders com todo tipo de experiência. Avance no teste e aprenda em tempo real. Bastam 15 dias de trading para que você tenha a chance de ser patrocinado por uma mesa proprietária. Muitas pessoas experimentaram o Gauntlet Mini™, mas apenas os mais preparados conseguem passar. Você está preparado?

Você tem o que é preciso para ser um day trader de sucesso?

Sabemos que muitos day traders não conseguem obter lucros regulares e aumentar seus ativos. Infelizmente, muitos acabam sendo engolidos pelo mercado. Afinal, por que day traders fracassam? Há muitas maneiras de evitar esse caminho e se tornar um day trader de sucesso, incluindo:

  • Pesquisa, pesquisa e mais pesquisa.
  • Backtest, forward testing, backtest e mais forward testing. Entendeu o recado, né?
  • Planeje sua rota. Caso contrário, como chegará ao seu destino? Você precisa de uma estratégia de investimento e precisa segui-la.
  • Acredite em si mesmo e siga seus princípios. Se precisar fazer pequenos ajustes, tudo bem – nenhum plano é definitivo.
  • Gerenciar riscos exige tempo e experiência. Se a possibilidade de retorno for baixa, não corra o risco.
  • Você não será julgado pela quantidade de operações, mas pelos ganhos obtidos. Como dizem por aí, “faturamento é vaidade, lucro é sanidade”.
  • Nunca deixe o coração controlar a cabeça. Emoção e day trade não se misturam.
  • Acredite em você mesmo.

Você consegue!