pt
en
es
ar

Blog

Guias de trading, webinários e histórias

Price Action – Estratégias de trading que você precisa conhecer

Price Action Trading
F T L
20 minutos de leitura
blog ad pt e2t

Neste artigo, abordamos o conceito de Price Action e mostramos diferentes estratégias de trading com base na leitura de gráficos de preço. Isso o ajudará na leitura de futuros, commodities e movimentos de índices, além de permitir que você crie suas próprias estratégias de trading usando Price Action. Há diversos tipos de estratégias de trading, muitas das quais dependem de análises técnicas ou opiniões de investidores individuais. O Price Action incorpora duas estratégias: uma análise técnica para identificar níveis de suporte/resistência e a opinião de investidores individuais – as quais podem variar bastante. Além disso, veremos diversos exemplos de gráficos de preço e padrões históricos que se repetem de tempos em tempos em todo tipo de mercado ou ativo.

O que é Price Action?

Price Action – ou a “movimentação do preço” – é uma prática muito usada por traders de curto e médio prazo. A técnica reúne uma interessante combinação de informações e pontos de vista diferentes, o que inclui padrões históricos de preços, indicadores técnicos e a capacidade do investidor de ler os mercados. Muitos investidores veem o mercado de ações como uma “troca de informações”, onde todas as opiniões e estratégias se encontram e tentam chegar a um “preço justo” no final. Isso explica por que as estratégias de trading com Price Action não envolvem uma análise fundamentalista de um mercado ou uma commodity individual.

“Um especulador prudente nunca discute com o histórico. Os mercados nunca estão errados, já as opiniões muitas vezes estão.”

Jesse Livermore

Muitas das decisões associadas ao Price Action são subjetivas: o que um investidor pode ver como um rompimento, outro pode ver como uma possível reversão de preço. Já em uma análise técnica pura, você realmente ignora a experiência dos investidores em favor de uma visão fria das tendências. A natureza humana determina que os preços de contratos futuros e commodities podem ser extremamente voláteis. As situações de sobrecompra são muitas vezes criadas como consequência do medo e da ganância, enquanto vendas generalizadas por pânico podem tomar o controle do mercado no caso de uma notícia decepcionante. Estes são apenas alguns dos cenários em que a aplicação de estratégias de Price Action podem ser extremamente vantajosas.

Você também pode gostar:

Como ler gráficos de preço

A chave para ler gráficos de preço é considerar oscilações de curto prazo. Também é fundamental observar tendências em formação e focar em padrões que costumam se repetir. Você ouvirá sobre padrões de oscilação, suporte e resistência, análise de ondas, linhas de tendência e médias móveis, apenas para citar alguns padrões gráficos diferentes. Candles e barras também são muito populares. 

Por exemplo, quando um nível de suporte de um gráfico está prestes a ser rompido, é improvável que isso aconteça de uma só vez. É possível ver o preço de um contrato de índice ou commodity testando o nível de suporte e sendo rejeitado, já que os investidores procuram se beneficiar do alto volume de vendas no curto prazo. Conforme os traders de curto prazo vendem durante a rejeição, o interesse de compra começa a diminuir e os vendedores tomam novamente o controle. Em algum momento, o preço romperá o nível de suporte, levando à abertura de uma série de posições vendidas (short). A seguir, vamos examinar em detalhes algumas estratégias de trading, com base em uma variedade de padrões gráficos diferentes.

Tipos de padrões

Há vários tipos diferentes de padrões gráficos associados à técnica de Price Action. Alguns deles são bastante óbvios, enquanto outros são mais abertos à interpretação. Após entender o que eles realmente significam, você começará a notar muitos deles nos gráficos vistos diariamente durante suas operações. Tenha em mente, no entanto, que os gráficos a seguir foram simplificados para facilitar a explicação.

Cabeça e Ombros Invertido

Este gráfico ilustra um alto volume de vendas no início, seguindo por um período de disputa entre compradores e vendedores. Por fim, as posições vendidas são fechadas e os vendedores mais assustados abandonam suas operações. De forma lenta, porém segura, os compradores recuperam o controle do preço do contrato, que logo romperá a resistência da chamada “linha de pescoço”. Podemos atribuir a primeira recuperação no preço do contrato à técnica de “bottom fishing”, que consiste em uma estratégia para aproveitar o preço baixo de ativos em sobrevenda – este é o ponto em que os vendedores que não conseguiram aproveitar a queda inicial passam a agir. Com esse tipo de padrão gráfico, é muito importante observar o volume de negociação. Muitas vezes, você verá grandes volumes na base de uma tendência de queda, o que normalmente indica que uma recuperação está prestes a ocorrer.

Price Action OCO Invertido

Fundo Duplo

A formação de fundo duplo é fácil de explicar, pois a análise técnica desse padrão se baseia na natureza humana. A queda acentuada no preço atrairá quem está fechando posições vendidas e quem busca uma rejeição do preço no curto prazo. Após a rejeição inicial, os vendedores que não aproveitaram a queda anterior estarão determinados a não perdê-la novamente, pressionando o preço para criar um fundo duplo. Há uma indicação de apoio em torno do nível dos dois pontos mais baixos, com uma recuperação gradual de volta ao nível de resistência. O que acontece é que, em geral, a venda inicial é exagerada, o que faz com que os compradores retornem ao mercado logo em seguida. Isso empurra o preço além do nível de resistência, retornando aos níveis anteriores.

Price Action Fundo Duplo

Fundo Triplo

À primeira vista, esse padrão é muito parecido com o anterior. No entanto, quando observado por um trader experiente em Price Action, a história é diferente. Essa tendência indica um volume de vendas significativo a partir da queda inicial, com traders se aproveitando das recuperações de curto prazo. Essas recuperações empurram o preço do contrato para um nível de resistência, o qual se mantém firme nesse momento. A partir de uma combinação de compradores finalmente desistindo de ver uma recuperação, traders fechando posições vendidas e novos compradores entrando no mercado, o momentum começa a formar um forte movimento de alta.

Um indicador positivo bastante usado por traders de Price Action é quando o preço rompe o nível de resistência. No entanto, quem percebeu com antecedência a formação de um fundo triplo pode ter começado a comprar nas quedas anteriores – a expressão “comprar nas quedas” é bastante comum quando tratamos de Price Action. Isso indica que os compradores estão lentamente, mas de forma segura, atraindo os vendedores após um breve movimento de queda. 

Price Action Fundo Triplo

Fundo Arredondado

Embora algumas das tendências de preço anteriores tenham sido muito mais acentuadas e menos variadas, o padrão gráfico de fundo arredondado pode ser um pouco mais difícil de identificar. Após as vendas iniciais, ocorrem diversas oscilações relativamente pequenas antes de os vendedores recuperarem o controle. Esse movimento inicial é demonstrado pela queda progressiva dos preços mínimos, que continua até chegar ao verdadeiro fundo, bem no meio do gráfico. Isso leva a uma recuperação com máximos maiores, o que reflete perfeitamente a crescente demanda dos investidores. O nível de resistência é uma linha reta entre os máximos de recuperação de cada lado. Quando o preço supera esse nível, os compradores tomam o controle total e os vendedores anteriores passam a minimizar suas perdas.

Se a tendência inicial de queda dos mínimos continuasse, isso indicaria que os vendedores estavam descartando seus investimentos ao primeiro sinal de recuperação. Dependendo do tempo de duração do padrão, isso pode levar a mais uma venda acentuada, com uma linha de suporte em queda sendo traçada entre os mínimos.

Price Action Fundo Arredondado

Ilha de Reversão de Alta

O padrão gráfico Ilha de Reversão de Alta é um pouco difícil de ser identificado nos seus estágios iniciais. A queda inicial, seguida por um período de oscilação dos preços, pode facilmente se transformar em uma tendência de alta, formando um fundo duplo ou triplo. No entanto, nesse caso, a queda inicial do preço do contrato cria uma área confusa no gráfico, com compradores cada vez mais interessados e vendedores ainda incertos. Esse tipo de padrão geralmente se forma quando os vendedores a descoberto decidem ser cautelosos e fechar suas posições. Esse comportmaento, junto com os “bottom fishers”, pode levar a um movimento de alta acentuado. Um período de movimentos laterais não é algo muito empolgante para quem usa estratégias de Price Action. No entanto, quando o preço rompe o nível do suporte, os traders retomam o interesse pelo mercado.

Nesse caso, o segundo estágio da formação é parecido com um fundo arredondado, com os compradores e vendedores lutando para tomar o controle. Em algum momento, haverá um rompimento de alta – sabendo disso, os investidores inseguros podem optar por garantir os lucros após a explosão inicial, e os compradores iniciais aproveitam a chance de recuperar seus ganhos. Essa combinação de sentimentos acaba criando um padrão de operação lateral: os compradores compram nas quedas, buscando adquirir ativos por preços menores, enquanto os vendedores inseguros aproveitam as breves recuperações. Depois que os compradores iniciais e os traders de curto prazo forem retirados, a etapa de recuperação é finalmente iniciada.

Price Action Ilha de Reversão de Alta

Retângulo de Alta

Esta é uma formação muito interessante, pois mostra perfeitamente que uma tendência de alta no preço de uma commodity não necessariamente segue uma linha reta. Em vários estágios de uma alta de longo prazo, quem compra a um preço mais baixo ficará tentado a garantir o lucro. Enquanto isso, quem perdeu o movimento inicial passará a comprar nos momentos de queda do mercado. Isso cria um breve período de mercado lateral, com o preço oscilando entre os níveis de resistência e suporte, sem assumir uma direção clara. Nesse cenário específico, os compradores tendem a tomar o controle ao romper a resistência, partindo para uma faixa de preço mais alta.

O preço das ações poderia facilmente ter caído ainda mais se a linha de suporte tivesse sido rompida antes das duas ocasiões em que o preço voltou a subir mais. Esta é uma demonstração perfeita de como as estratégias de Price Action independem de fundamentos – basicamente, elas atuam somente em novas tendências.

Price Action Retângulo de Alta

Cunha Descendente

Os traders chamam esse padrão gráfico de uma cunha descendente – ou cunha de alta – porque, no fim das contas, o preço do ativo rompe a resistência após um breve movimento descendente, retomando o movimento de alta. No entanto, ele também é um forte indicador de baixa nos seus estágios iniciais. Como você pode ver, quando o preço das ações vira após a alta inicial, a diferença entre os máximos e mínimos de curto prazo começa a diminuir. A linha inferior é o suporte e a linha superior é a resistência, porém, devido aos seus ângulos, elas tendem a se encontrar, com uma delas ditando a próxima tendência. Você verá essa faixa de operação limitada seguir seu movimento descendente até um ponto em que as linhas de tendência de suporte e resistência quase se encontram. Um rompimento do nível de suporte indicaria outra venda generalizada, porém, nesse caso, um rompimento da resistência levará a uma nova tendência de alta.

Price Action Cunha Descendente

Triângulo Ascendente

Esta é outra tendência de trading muito interessante. A alta inicial é atingida por traders que querem garantir algum lucro, o que leva a uma queda de curto prazo antes que os compradores retornem. O elemento mais interessante desse padrão específico é o aumento dos mínimos, enquanto a resistência se mantém em um nível fixo. Isso indica que não apenas há menos vendedores, como também os compradores estão aceitando preços a níveis cada vez mais altos – isso porque eles acreditam que o preço do contrato tende a romper o nível de resistência. Você notará que esses períodos de operação lateral mostram os compradores e vendedores lutando mais uma vez pelo controle do contrato subjacente. Ao atingir uma faixa de preço mais alta, as apostas são canceladas e os vendedores recuam, enquanto os compradores avançam de vez.

Price Action Triângulo Ascendente

Bandeira de Alta

Nessa formação, quando a alta inicial do preço começa a perder a força por conta da atividade dos vendedores, vemos o surgimento de uma nova tendência de baixa. À medida que o preço começa a se enfraquecer, tanto os mínimos quanto os máximos de curto prazo continuam caindo. Inicialmente, isso cria uma tendência de baixa, a qual pode se prolongar enquanto o mercado não receber alguma boas notícia. Conforme as máximas de curto prazo diminuem, observamos que os compradores estão cada vez menos dispostos a pagar além do que acham que vale, com o mercado sendo controlado pelos vendedores. Quando o contrato atingir uma posição de sobrevenda, isso levará a uma interrupção do movimento e um rompimento do intervalo da bandeira. A partir desse rompimento, veremos a entrada de traders que notaram o surgimento de uma nova tendência.

Depois que a maioria dos vendedores sair e as posições vendidas forem fechadas, pode haver um momentum muito forte por trás da recuperação dessa posição de sobrevenda. A representação do mastro fica bem clara. 

Price Action Bandeira de Alta

Xícara com alça

O padrão de xícara com alça é um exemplo perfeito de uma recuperação lenta, seguida por uma retirada repentina, após os compradores garantirem seu lucro de curto prazo. De forma parecida com a cunha descendente, a tendência de baixa de curto prazo é rompida repentinamente, levando a uma alta acentuada. Esse tipo de padrão gráfico é bastante comum quando os preços sobem bruscamente. Até o segundo movimento de alta, os compradores e vendedores mantêm a luta pelo controle, com alguns investidores garantindo o lucro, enquanto outros buscam comprar nos momentos de queda do mercado, pois acreditam que a tendência de alta continua viva. O tédio e a impaciência dos traders levam à formação da alça, o que ocorre imediatamente antes da tendência de alta, devido à preocupação de que o preço siga uma tendência de baixa. Com os vendedores fora do jogo, os compradores tomam o controle, o que resulta em uma alta significativa no preço.

Price Action Xícara com Alça

Estes são apenas alguns dos padrões de trading mais básicos que os traders de Price Action usam para aproveitar o surgimento de tendências de alta ou de baixa. A partir disso, é possível abrir posições tanto compradas quanto vendidas em diversos tipos de commodities e contratos. Esse tipo de técnica gera um mercado com altíssima liquidez: o ambiente perfeito para traders de curto e médio prazo!

Estratégias de trading com Price Action

A chave para qualquer estratégia bem-sucedida de trading usando Price Action é remover o ruído do mercado – como os fatores fundamentais – e observar apenas padrões de preços, tendências e outras formas de análise técnica. Quando combinamos uma boa experiência com o “sentimento do mercado”, podemos criar uma estratégia de investimento de muito sucesso. E não se esqueça, mesmo tendo aberto uma posição com base em qualquer uma das seguintes estratégias de trading envolvendo Price Action, você também pode usar os dados técnicos para definir os limites do stop loss.

Níveis de suporte e resistência

Quando falamos de níveis de suporte e resistência, um dos principais aspectos da técnica de Price Action é o fato de que, quando um nível de suporte é rompido, ele pode se transformar em resistência logo em seguida, e vice-versa. O gráfico a seguir mostra como a análise gráfica pode mudar em um intervalo de tempo relativamente curto. Vale ressaltar que, embora os traders prefiram períodos mais voláteis para operar contratos e commodities, na maioria das vezes eles acabam operando em mercados laterais – tudo dentro de um intervalo relativamente modesto.

“É tolice realizar uma segunda operação se a sua primeira tiver perdas. Não tente equilibrar as perdas. Nunca se esqueça desse pensamento.”

Jesse Livermore

No gráfico abaixo, você pode ver o preço se movendo em um intervalo relativamente pequeno. Ele é rejeitado pelas linhas de resistência e suporte em diversas ocasiões; quando o rompimento de fato aconteceu, isso sinalizou uma tendência de alta. Embora essa tendência parecesse hesitante no início, o preço conseguiu rompeu o nível resistência anterior – que passou a agir como suporte – e subiu ainda mais.

Price Action Níveis de suporte e resistência

Combinação de pin bar e inside bar

A combinação de uma pin bar e uma inside bar é considerado por muitos traders como um dos indicadores técnicos mais poderosos. Como podemos ver no exemplo abaixo, esse padrão pode ser extremamente lucrativo se você o indentificar a tempo. A combinação de pin bar e inside bar mostra uma venda generalizada de curto prazo, que é seguida por uma consolidação da taxa de câmbio e um salto significativo em seguida. Ao analisar o início deste gráfico específico, você verá a taxa de câmbio rompendo o nível de resistência – que passa a ser suporte –, com a combinação de pin bar e inside bar destacando o pico do preço.

Uma combinação de pin bar e inside bar por si só já é um bom sinal. Quando, além disso, vemos uma inside bar se formar dentro ou perto da ponta da pin bar, este é um sinal ainda mais forte. Na verdade, as pin bars neste gráfico estão conversando diretamente com os traders de Price Action – e quem aprende essa “língua” é capaz de realizar operações muito lucrativas.

Price Action Combinação de pin bar e inside bar

Padrões de inside bar

Os traders de Price Action são extremamente atentos e estão sempre buscando o que conhecemos como padrões de inside bar. Você pode reconhecê-las a partir do surgimento de uma barra secundária dentro do corpo da barra anterior. Confira os exemplos abaixo.

A barra principal, também chamada de “barra mãe”, geralmente indica um período de consolidação, com possíveis pontos de virada a partir do nível de suporte/resistência chave. Você pode ver no gráfico abaixo como a barra indica um preço crescente e, em seguida, incorpora duas barras em queda. Este é o início de uma reversão de tendência e marca um movimento de baixa. Ver a ocorrência de uma barra mãe e uma inside bar é algo animador, mas ver duas inside bars lado a lado é um indicador ainda mais confiável.

Price Action Padrões de inside bar

É preciso dedicar algum tempo para entender como os padrões de barra aparecem e o que eles indicam antes de posicionar suas operações. Além disso, não se esqueça de acompanhar o limite do stop loss.

Como o Price Action pode ajudar nas suas operações?

Como você deve ter entedido a partir das informações acima, o trading com Price Action se baseia em novas tendências e momentum. A ideia é simples: quando uma tendência muda, o momentum geralmente aumenta. Somente quando surge uma tendência mais forte – na direção oposta – é que a direção muda novamente. Entre essas tendências relativamente fortes, pode haver períodos de consolidação e movimentos laterais, com os preços oscilando entre as linhas de suporte e resistência. De certa forma, os níveis de suporte e resistência são profecias autorrealizáveis; afinal, muitos traders usam análises técnicas e as levam em consideração ao operar. No entanto, a prática de trading com base em Price Action oferece o melhor dos dois mundos, contando com uma análise técnica e com a contribuição humana do trader.

“Não confirme uma operação até que o próprio mercado confirme sua opinião. Estar um pouco atrasado em uma operação é garantir que a sua opinião está correta. Em outras palavras, não seja um teader impaciente.”

Jesse Livermore

Vantagens e desvantagens de usar o Price Action como um indicador

Há diversas vantagens e desvantagens de usar estratégias de Price Action. No fim das contas, tudo se resume à sua disciplina como trader. Algumas das desvantagens incluem:

Número relativamente baixo de operações

Como você está aguardando até que a tendência de preço rompa o nível de suporte ou de resistência, você pode acabar com um número relativamente baixo de operações. Isso não é um problema se você for disciplinado, mas a frustração às vezes pode atrapalhar os traders!

Aguardando níveis definitivos

Infelizmente, os traders que se baseiam nas técnicas de Price Action são muitas vezes surpreendidos por mudanças significativas no mercado. Em geral, isso significa que os preços não retornam aos níveis de operação desejados. Quem não tem disciplina pode acabar “perseguindo o preço”, chegando a níveis cada vez mais altos. Enquanto isso, para quem permanece focado na situação técnica, as oportunidades sempre surgirão.

Mudanças definitivas nas tendências

Muitas das estratégias mencionadas acima podem ser consideradas “cautelosas”. Ao esperar por uma mudança definitiva na tendência, há situações em que os preços intradiários ultrapassam a resistência ou o suporte, mas se recuperam logo em seguida. Eles são vistos como sinais falsos e podem ser custar caro no longo prazo.

Sem análise fundamentalista

Ao analisar as tendências no gráfico, nem todos os traders terão a mesma opinião. Alguns abrirão posições compradas (long), enquanto outros abrirão posições vendidas (short). Essas decisões se baseiam na sua opinião quanto à análise técnica, ao contrário do que ocorre com fatores fundamentais. Além disso, você está mesmo ignorando os fundamentos? Esta é uma pergunta válida, afinal, em teoria, os preços dos contratos hoje tendem a refletir todas as informações disponíveis ao público no momento. Resumindo, deixe os mercados falarem e ouça o que eles têm a dizer.

Exemplos de trading com Price Action

Como mencionamos acima, embora a técnica de Price Action se baseie em análises técnicas e em uma leitura da situação, isso nem sempre é simples assim. Alguns exemplos de trading com Price Action incluem:

Após atingir uma nova alta, a taxa de câmbio cai como resultado da realização de lucros por parte dos compradores

Embora isso dependa dos níveis de suporte e resistência, um trader pode esperar por um topo duplo para, em seguida, seguir para uma faixa de preço mais alta. No entanto, outro trader pode ver isso como o início de uma nova tendência de baixa. Nesse cenário, a realização contínua de lucros pode empurrar o preço abaixo do nível de suporte. 

Mercado lateral com baixo volume de negociação

Um forte indicador de que uma tendência está mudando é o alto volume de negociação. Portanto, se o preço estiver se movendo em uma faixa limitada, oscilando entre resistência e suporte com um volume relativamente baixo, um investidor pode ver isso como uma oportunidade de trading. Enquanto isso, outro investidor pode ver essa situação como uma falta de interesse por parte dos trader e admitir um provável rompimento do nível de suporte, o que provocará uma forte tendência de queda.

A história se repete

Em muitos casos, você verá gráficos de câmbio indicando máximos e mínimos históricos. Muitos desses padrões são muito fortes, mas às vezes você verá um rompimento significativo de alta ou de baixa. Dessa forma, um trader pode entender que a história se repetirá e que, por essa razão, haverá um teto e um piso para o preço do ativo. Outro trader pode considerar que o momento por trás da tendência de alta é forte o bastante para empurrar o preço além da resistência histórica, o que o levará para um novo território. Essa mudança de território pode dar um novo fôlego ao ativo, pois não haverá tendências históricas semelhantes para comparação e, portanto, não haverá uma resistência definida.

Perguntas Frequentes

Operar usando Price Action exige disciplina? Price Action é um indicador?

A resposta simples para essa pergunta é: sim, se estiver nas mãos certas. As estratégias de Price Action podem destacar períodos de consolidação, o surgimento de novas tendências e fases de mercado lateral. A chave é ver o que está à sua frente, em vez de tentar manipular os dados do gráfico para ver o que você gostaria de ver.

Qual é a diferença entre Price Action e análise técnica?

A diferença básica é que Price Action incorpora tanto a análise técnica quanto a contribuição humana. Na prática, você está monitorando o surgimento de tendências enquanto as interpreta com níveis variados de disciplina e experiência.

Operar usando Price Action exige disciplina?

Embora exista um certo grau de contribuição humana no que diz respeito ao trading com Price Action, é fundamental ser um trader disciplinado, mesmo que você acabe perdendo algumas oportunidades de trading. A ideia é bastante direta: quando o ponto de virada ocorrer e o momentum gerar uma nova tendência, você deve esta pronto para entrar!

blog ad pt e2t

One comment on “Price Action – Estratégias de trading que você precisa conhecer”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Indicador Saldo de Volume (OBV) – Guia completo para traders

Títulos do Tesouro – Entenda o que são e como operar

Suporte e Resistência – Um conceito básico de análise técnica