Earn2Trade Blog
quanto ganha um trader

Descubra quanto ganha um trader e como se tornar um

Com a acessibilidade atual de ingressar no mercado financeiro, muita gente tem enxergado nessa área uma possibilidade de carreira – e uma das profissões mais promissoras é a de trader.

Para o interessado em ganhar com a oscilação do mercado e não em se tornar sócio de uma empresa, essa profissão é a ideal.

Sem necessidade de uma formação específica e com diversos cursos, introdutórios e completos, com as informações necessárias, ser trader tem se popularizado bastante e oferece alta rentabilidade para quem se consolida nesse mercado.

E aí, tem pensado sobre essa profissão e quer saber quanto ganha um trader?

A Earn2Trade preparou esse guia com as principais informações que você precisa saber sobre o mercado financeiro para traders e como se tornar um.

Pronto para começar? Boa leitura!

Veja também:

Trader patrocinado earn2trade

O que um trader faz?

Um trader é o profissional responsável por negociar ativos financeiros e operar na bolsa de valores.

Na sua rotina de trabalho, o trader ganha dinheiro com operações de curto prazo, usando da volatilidade do mercado para obter ganhos.

Podendo realizar o seu trabalho de maneira 100% remota, trabalhar como trader basicamente exige um computador para operar no mercado, conexão com a internet e muita determinação e foco para desempenhar bem o trabalho.

O trader é, inclusive, essencial para o funcionamento do mercado, uma vez que sua atuação ajuda a precificar os ativos no curto prazo, gerando liquidez à área.

De acordo com matéria da Valor Investe, o número de pessoas atuando como trader dobrou em 2020, e os índices têm crescido ainda mais nos últimos anos.

Quais são os tipos de trader?

Atuar no mercado financeiro, como em qualquer outra profissão, exige uma análise do perfil para saber em qual das áreas é possível explorar melhor o potencial.

Fazendo uma comparação básica, é como ser médico: depois de se formar em clínico geral, é necessário escolher uma especialização, e nem todo mundo se identifica com a mesma área.

Assim, é essencial conhecer as possibilidades no mercado para saber qual atuação como trader é a mais indicada para a sua forma de investir.

Conheça abaixo esses perfis:

Trader institucional

Aqui, o profissional trader atua para instituições financeiras de grande porte, além de corretoras, seguradoras e fundos de investimento.

Ligado à uma empresa, o trader profissional conta com maior segurança financeira por poder contar com um salário fixo e percentual sobre seus ganhos.

Outras vantagens de atuar como trader profissional:

  • ele tende a receber informações do mercado antes de um trader autônomo;
  • operando dentro da instituição para a qual trabalha, pode contar com melhor estrutura e maquinários para operar na bolsa.

Esse é um ponto importante sobre ser um trader institucional: o objetivo é trabalhar para uma empresa, sendo rara a possibilidade de um trabalho remoto.

Brokers

O broker atua como um intermediador mais do que um negociador em si, sendo diferente do trader em si, mas no mesmo mercado.

É o broker quem faz a ponte entre as partes envolvidas em uma negociação, ou seja, fica ali entre o potencial comprador e quem colocou o produto à venda.

Em suma, os brokers realizam todas as solicitações feitas pelos clientes e, mesmo ligado à uma corretora para desempenhar o seu papel, conta com carteira própria de clientes e ganha comissões em cima de suas negociações.

Sales trader

Aqui, temos uma mistura de broker e vendedor.

Os sales traders são os responsáveis pelo intermédio de compra, assim como o relacionamento com o cliente.

Eles atuam, essencialmente, como consultores, oferecendo oportunidades de compra e venda para seus clientes e executando as operações quando eles solicitarem.

Assim, o sales trader não assume uma posição autônoma no mercado, tendo sempre que contar com o consentimento de seus clientes para operar.

Trader autônomo

A área que atrai mais os potenciais traders, atuar como trader autônomo significa operar com o próprio capital e seguir seu próprio fluxo de trabalho.

Trabalhando de forma independente, o trader autônomo pode organizar sua jornada de trabalho durante o dia, operar do lugar de onde estiver e sem depender de chefes ou supervisão.

Ainda assim, essa liberdade depende de uma boa organização e estratégia para começar a oferecer rendimentos.

O trader autônomo precisa contar com uma boa gestão de riscos, ter a sua reserva de emergência e, principalmente, ter um alto conhecimento do mercado.

Os ganhos do trader autônomo dependem exclusivamente do seu desempenho no mercado, sendo um desafio diário mas também de alto potencial de retorno.

Principais estratégias do trader

Principais estratégias do trader
Foto: Unsplash | Principais estratégias do trader

Os mais variados perfis de trader contam com diferentes estratégias para desempenhar o seu trabalho no mercado financeiro.

Confira abaixo as principais estratégias usadas por esses profissionais:

Day trader

Como o próprio nome já sugere, o day trader é aquele que compra e vende ações no mesmo dia.

Aqui, é essencial que o trader esteja sempre atento e acompanhando as oscilações da bolsa que acontecem no período de um dia, decidindo operações de compra e venda.

Os resultados são sempre diários, bem como a rentabilidade de quem decide operar com essa estratégia. As operações também não acumulam para o dia seguinte.

Swing trader

O tempo de operações analisado e trabalhado na modalidade swing trader são um pouco mais longos, podendo levar semanas ou meses.

Esses profissionais costumam fazer menos trades do que os que operam como day traders, em uma estratégia que tem como objetivo obter rendimentos maiores com grandes valorizações de mercado.

O trabalho aqui é mais analítico e meticuloso que o de ativos de compra e venda no período de um dia, levando em conta as características e histórico da empresa que está com as ações à venda.

Scalping

O scalping trade envolve negociações com intervalos ainda menores do que o do day trade, operando compras e vendas em momentos curtos.

Estratégia também conhecida como momentum, o foco dos profissionais aqui é passar um tempo melhor em exposição ao ativo escolhido.

Os retornos são mais rápidos, com lucros pequenos. Logo, em caso de perdas, o valor de prejuízo também é menor.

Ainda assim, dependendo do montante operado, os rendimentos podem ser maiores também, não ficando atrás dos lucros do day trader ou swing trader.

Position trader

Já um position trader trabalha com especulações que podem durar de 1 mês até 12 meses.

A rotina de trabalho com essa estratégia lida com análise de gráficos de períodos semanais e mensais, parecido com o processo usado pelo swing trader. 

Como conta com um período maior de entrada e saída de uma posição, a rentabilidade de um position trader é menor do que a dos que operam nas outras modalidades citadas.

Ainda assim, é uma estratégia que oferece mais segurança de compra e venda, e o profissional não precisa se dedicar de forma diária ou integral para operar dessa forma.

High frequency trading

No português “Negociação de Alta Frequência”, o HFT é uma modalidade de negociação de ativos automática, com investimentos que duram apenas segundos.

Aqui, o uso da tecnologia permite que os traders realizem transações e obtenham lucros em pequenos intervalos de tempo, com diferenças que podem ser de centavos.

Por isso, as negociações nessa modalidade são feitas em grande volume, para que a rentabilidade seja maior.

As ferramentas para operar em high frequency trading são computadores ultra rápidos e que usam algoritmos específicos (os chamados robôs-investidores).

Como um trader ganha dinheiro?

Como um trader ganha dinheiro
Foto: Unsplash | Como um trader ganha dinheiro?

Antes de entender quanto ganha um trader, é importante saber como esses profissionais fazem para obter seus rendimentos.

Considerando as estratégias usadas e o perfil de trader que a pessoa interessada deseja seguir, é possível ganhar dinheiro tanto na alta dos preços quanto em momentos de queda.

O trabalho do trader pode ser complexo justamente por essa análise de momentos de queda e a sua especulação quanto aos momentos de alta.

O importante aqui é sempre estar atualizado sobre conteúdos e estratégias, justamente para que a rentabilidade seja maior, com ganhos acima da média.

Quanto ganha um trader?

Afinal, a nossa pergunta mais valiosa.

O “salário” de um trader conta com valores que passam da casa dos R$ 70 mil, como abordado em matéria do Money Times, mas isso depende de diversos fatores, como o tempo de atuação, a modalidade e o perfil.

Além disso, traders que trabalham de forma autônoma contam com ganhos que oscilam bastante, sem a estabilidade de traders que atuam para empresas.

Um trader autônomo iniciante pode alcançar uma rentabilidade entre 2% ao mês do seu valor investido, o que, dependendo do valor, já é um excelente resultado.

Saiba de maneira mais detalhada quanto ganha um trader:

Salário de um trader autônomo

Como para toda pessoa que trabalha por conta própria, seus ganhos como trader autônomo dependem do tempo e dinheiro investidos no trabalho.

Agindo de forma moderada, um trader autônomo pode garantir cerca de 3% do valor investido mensalmente.

Com um perfil que assume riscos maiores, a rentabilidade pode ser de até 10% ao mês.

Salário de um trader ligado à uma instituição

Trabalhando para uma empresa, um trader pode começar ganhando uma média de R$ 5.100.

Ainda assim, dependendo do tempo de atuação e de mercado, o quanto ganha um trader com uma boa reputação pode chegar a valores de mais de R$ 11 mil.

É importante sempre estar se atualizando no mercado e estudando novas tendências, melhorando seu desempenho como profissional trader.

Quanto ganha um trader no Brasil?

Quanto ganha um trader no Brasil
Foto: Unsplash | Quanto ganha um trader no Brasil?

No Brasil, a média salarial de um trader que trabalha para uma empresa varia entre R$ 9.650 e R$ 47.350, dependendo da qualificação e cargo.

No caso dos traders autônomos, é mais difícil dizer quanto ganha um trader no país, uma vez que os rendimentos mensais oscilam muito.

Como ser um trader?

Para se tornar um trader de sucesso, é necessário muito esforço e dedicação.

É importante ter noções básicas sobre estatística e cálculo, além de ter um perfil estrategista e se dedicar regularmente a essa atividade.

Nos passos iniciais, abra uma conta em uma corretora. As corretoras mais escolhidas pelos traders brasileiros são:

  • Clear;
  • Rico;
  • XP Investimentos.

Elas fornecem o home broker para que seja possível operar os ativos e realizar os trades.

Além disso, outras dicas podem ser úteis para ajudar você na sua jornada profissional como trader:

Como a Earn2Trade pode potencializar os seus ganhos?

A Earn2Trade oferece para potenciais traders a construção de um plano de carreira com a possibilidade de ser um profissional patrocinado.

Com acesso a um material rico e repleto de dicas e conteúdos exclusivos para alavancar a sua carreira, a Earn2Trade patrocina traders aprovados em operações no day trading.

Torne-se um trader patrocinado em até 15 dias! Clique aqui para conferir a Earn2Trade.

Conclusão

Uma profissão que oferece alta rentabilidade, ser trader pode trazer muitos lucros e diversos benefícios, mas a depender da dedicação e conhecimento do profissional.

Esteja sempre atualizado no mercado e busque evolução constante! O caminho percorrido pode ser de sucesso mas depende apenas da sua atuação.

Mais dicas sobre o mercado financeiro e de trade? Confira o blog da Earn2Trade.

Trader patrocinado earn2trade